Seja bem vindo
Curitiba,22/05/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Juros Abusivos: Você é uma vítima deles? O Solucionador te conta

Será que você está sendo vítima de juros abusivos? O Solucionador te explica o que é e como evitá-los


Juros Abusivos: Você é uma vítima deles? O Solucionador te conta

Identificar se você é vítima de juros abusivos é essencial
para conseguir se livrar desse tipo de situação. Os valores, muito maiores do
que deveriam ser, são comuns no mercado, e por isso, é importante contar com a
ajuda do O Solucionador

Seja em um financiamento, ou no simples uso do cartão de
crédito, tudo isso pode acabar te fazendo ser vítima dessa situação. Por isso,
é essencial ficar atento aos valores que são praticados, pois isso evita com que
acabe sendo prejudicado. 

E se você quer entender melhor o que são juros abusivos,
além de outras informações importantes sobre o tema, confira o texto que O
Solucionador preparou para te ajudar! 

O que são os juros abusivos e para que servem? 

Antes de tudo, precisamos entender o que são juros abusivos,
além de sua finalidade de existir. Basicamente, quando usamos crédito de alguma
maneira, estamos sujeitos às taxas de juros, que representam o risco de nos
“emprestar" dinheiro, de alguma forma. 

Quando um banco dá um limite de R$ 1000 para alguém, ele
confia que o seu usuário vai pagar pelo valor. Porém, existe o risco disso não
acontecer, e por isso, ele cobra um juros para cobrir este risco, de forma que
traga segurança para a instituição. 

Os juros abusivos se caracterizam por uma cobrança do tipo,
porém, em valores desproporcionais aos ideais. Se a cobrança for muito alta,
sem ter necessidade de isso acontecer, então você estará sendo vítima desse
tipo de situação. 

Os juros abusivos não servem para nada a não ser dar
vantagem financeira para a instituição que cedeu o crédito. Porém, ela age de
má fé, de forma que visa apenas beneficiar o seu próprio bolso, aproveitando-se
dos seus clientes. 

De toda forma, um usuário que for vítima desse tipo de situação,
acaba se sentindo vítima de algum tipo de injustiça. E isso acontece,
justamente, por conta da cobrança não ser proporcional, caracterizando-se como
algo danoso para quem sofre com isso. 

Como posso descobrir se a taxa de juros é abusiva? 

Não existe um valor certo para se dizer que determinada taxa
de juros é abusiva ou não para você. Isso porque, as taxas são maleáveis, e por
isso, é necessário estar atento aos valores que são praticados no momento em
que você faz a compra. 

De toda forma, existe uma maneira de garantir que você não
vai acabar sendo vítima desse tipo de situação. Ao acessar o site do Banco
Central, é possível verificar a média cobrada por diferentes empreendimentos,
para disponibilizar os serviços solicitados. 

Se o valor for acima da média, então pode se dizer que a
taxa de juros realmente é abusiva. O Solucionador pode te ajudar, porém, é
interessante que você sempre esteja verificando os valores praticados. De toda
forma, segue, abaixo, alguns números médios das modalidades mais comuns do
mercado: 

·       Cartão de crédito (rotativo): média de 300% ao
ano; 

·        Cheque especial: média de 323% ao ano; 

·        Empréstimo pessoal: média de 120% ao ano; 

·        Cartão de crédito (parcelamento de fatura):
média de 175% ao ano. 

Em quais situações esses juros são mais comuns? 

É possível identificar que a cobrança de juros abusivos é
mais comum em algumas situações específicas. Para se aproveitar de pessoas que
não estão bem informadas, várias instituições financeiras se aproveitam desse
cenário. 

Porém, é importante destacar que vamos apenas mostrar alguns
exemplos de cobranças desproporcionais. A sua pode não se encaixar aqui, porém,
ainda assim, ser considerada abusiva, por isso, muita atenção com essa
situação. 

Em todo caso, algumas das situações mais comuns de
identificar juros abusivos são as seguintes: 

·       Empréstimo consignado: com teto máximo de 2,08%
ao mês, se este limite não estiver sendo respeitado, a cobrança é
desproporcional; 

·      Cartão de crédito: essas são algumas das
cobranças mais comuns, podendo ultrapassar 300% de juros em um único ano; 

·     Financiamento de veículo: com taxa média
chegando a até 3,83%, os juros abusivos são bastante comuns nessa modalidade de
crédito. 

O que fazer se eu for vítima de juros abusivos? 

Caso identifique que está sendo vítima de juros abusivos, o
primeiro caminho a ser seguido é procurar por um advogado especialista na área.
Dessa maneira, ele ficará encarregado de revisar o contrato que foi assinado
entre você e a instituição financeira. 

Se alguma irregularidade realmente existir, o profissional
vai te indicar o caminho correto para se livrar dessa questão. Em muitos casos,
é possível negociar a dívida pendente, diminuindo o valor que será cobrado por
conta dos juros. 

Por mais que o processo possa acabar se arrastando de maneira
mais longa do que o esperado, as irregularidades podem ser combatidas. Com o
profissional certo, esse tipo de problema pode ser superado e você consegue
escapar das cobranças indevidas.

De toda forma, não deixe de falar com mais de um
profissional especializado na área para checar a opinião de mais um advogado.
Isso porque, uma ação vai envolver custos, e é interessante saber se,
realmente, existem chances de vitória. 

Caso coloque a concessora de crédito na justiça, e perca,
vai acabar apenas registrando prejuízos que poderiam ser evitados. Por isso,
não deixe de consultar para verificar se, realmente, existem chances de vitória
nessa empreitada. 

Como eu posso evitar as taxas de juros abusivas? 

Como vimos, os juros abusivos podem acabar nos pegando
desprevenidos em muitas situações. É possível recorrer contra eles, porém, O
Solucionador te avisa: a melhor forma de se proteger é se precavendo com
informações. 

Por isso, antes de assinar qualquer tipo de contrato, não
deixe de verificar as taxas de juros que serão praticadas. Depois, acesse o
site do Banco Central e verifique se os valores não estão acima da média, para
evitar dores de cabeça no futuro. 

Por mais que possa ser algo trabalhoso, ainda assim, é
essencial para evitar se tornar vítima de juros abusivos. A precaução, por meio
da informação, é a melhor forma de garantir que não vai enfrentar problemas em
relação a isso. 

De toda forma, com preparo, e o auxílio de profissionais
capacitados, você consegue se livrar dos juros abusivos. Pode ser trabalhoso,
porém, te livra de vários problemas futuros, logo, essa estratégia acaba sendo
extremamente válida. 













































































































































Confira mais dicas valiosas na página do Facebook do O
Solucionador: https://www.facebook.com/osolucionadorassessoria/




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login