Como evitar o cancelamento no ‘BBB’ ? Especialista em Programação Neuro-Linguística e Hipnose revela segredos para não sofrer rejeição do público

Francesco Pellegatta, uma das maiores autoridades sobre estudos da mente afirma: 'É bom lembrar que isso é apenas um jogo e que a vida irá continuar independente do resultado'

Por Assessoria 10/01/2022 - 19:27 hs

Com a proximidade da estreia da nova temporada do “Big Brother Brasil” (Globo), que acontece no próximo dia 17, o público está ansioso para saber quem serão os participantes do reality e os possíveis cancelados. A última edição do programa mostrou que a internet está atenta a tudo que os brothers e sisters fazem. Karol Conka, Nego Di e Projota bateram recordes de rejeição e saíram do programa com a imagem bem arranhada. 

master trainer em hipnoterapia e Programação Neuro-Linguística (PNL), Francesco Pellegata, revela alguns segredos que podem ajudar os próximos integrantes do programa a evitarem passar por situações que possam levar ao cancelamento.

Para os participantes do “BBB 22”, Francesco destaca que o mais importante é investir tempo e energia para entender melhor a própria personalidade. Ter o auxílio terapêutico antes de entrar no programa também é fundamental para trabalhar questões internas:

“Acredito que não existe uma receita de bolo que seja válida para todos, o percurso de autoconhecimento deve ser personalizado, usando como base as características de cada concorrente. De qualquer forma é bom lembrar que isso é apenas um jogo e que a vida irá continuar independente do resultado.”

Para o psicólogo, as celebridades que são conhecidas pelo grande público e vão entrar no reality, precisam tentar mostrar um lado que as pessoas não conhecem. Já para quem vai ficar famoso dentro da casa, seria interessante não ficar preso em um personagem ou se fazendo de vítima:

“Na maioria das vezes, ninguém suporta uma pessoa que tem um ego muito grande. Participantes que se acham demais e não são humildes tendem a ter uma rejeição maior. O público não gosta dessa postura, vimos isso acontecer em vários realities.” 

Formado em psicologia na Anthem University nos Estados Unidos, Francesco conta que a PNL é uma ótima ferramenta para que os participantes possam se entender melhor e, quando combinada com a Hipnose, pode ajudar ainda a controlar as emoções:

“A PNL melhora nossa percepção sobre os processos mentais conscientes e prepara a nossa mente para ser flexível com as possíveis mudanças de estado emocional. A Hipnose também é incrível para conhecer melhor nosso inconsciente, além de todos aqueles processos e gatilhos que acumulamos ao longo da vida.”

No “BBB 21” o público percebeu como as emoções podem ficar à flor da pele. Não foram poucos os episódios onde os participantes perderam o controle emocional. Francesco acredita que é possível lidar de uma maneira melhor com o que cada um está sentindo dentro da casa, mesmo não sendo algo que possa ser feito o tempo todo: 

"Somos humanos e explodir as vezes é mais do que normal, agora uma vez que as emoções afloram, é possível trabalhá-las para evitar verbalizar da pior maneira o que se está sentido.”

Para não ser cancelado ele afirma que é essencial se autoconhecer, ter controle mental e emocional. O psicólogo explica que uma das chaves para o sucesso é se mostrar de uma maneira transparente:

“Todos temos emoções, pontos fortes e fraquezas. Se o participante conseguir mostrar as próprias falhas e ao mesmo tempo lidar bem com elas, os telespectadores dificilmente vão criticar alguém que tem uma postura tão transparente e humanizada.”

Saiba mais sobre Francesco Pellegatta

www.instagram.com/francesco_pellegatta

https://www.pnl.expert/pnl