Grife Ivana Beaumond lança editorial feito na Amazônia

Por Assessoria 18/10/2020 - 20:13 hs

Gravado na Amazônia e nos principais pontos turísticos de Belém, o novo editorial de noivas da estilista Ivana Beaumond é um verdadeiro grito de alerta em meio a toda pauta envolvendo a biodiversidade brasileira nos últimos meses. 


Compreendendo a importância de abordar temáticas como a preservação da natureza e a realização de um movimento genuíno em prol das florestas, a badalada empresária decidiu levar os holofotes da moda à uma causa digna, atraindo a atenção para o que é necessário - mesmo que isso envolva se posicionar, atravessar fronteiras e mostrar-se ousada.


Foi assim que, em cinco dias de gravações, Ivana trouxe a representatividade da maior arvore da Amazônia, a Samaúma, como um cenário perfeito para o projeto e ainda percorreu locais como o Forte do Castelo, a Estação das Docas, a Igreja de Nossa Senhora de Nazaré e o Mercado Ver-o-Peso, no Pará. 


Trazendo as belezas do país e exaltando uma cultura ainda desconhecida para muitos brasileiros, o objetivo de Ivana Beaumond não é apenas demonstrar como um casamento nesse paraíso seria uma experiência única, mas também compartilhar e difundir estes costumes, levar o verde-e-amarelo para além das demarcações geográficas e conscientizar o mundo a respeito da necessidade de proteger o que há de mais precioso no país: a Amazônia. 


Considerada o coração biológico da Terra, a região é formada por distintos ecossistemas e carece constantemente de um olhar mais humanizado para suas urgências. Logo, captar os entusiastas fashionistas para esta questão é uma maneira de abraçar a causa, valorizar a essência brasileira e fazer a diferença. 


Nesta empreitada, Ivana retorna de seu editorial anterior em Paris e convida a participante do Miss Amazonas 2015, Sheislane Hayalla, para dar voz (e beleza) a este editorial tão significativo e profundo. Utilizando acessórios de Jacque Abrunhosa e peças típicas da Enarê Arte Indígena, a modelo representa todo o valor da mulher amazonense, em suas vivências, lutas e desafios diários. 


Para capturar este momento, o fotógrafo manauense Mauro Jorge realizou os cliques e o videomaker carioca Léo Queiroz deu início a uma obra surpreendente, transformando cada detalhe em uma cena cinematográfica e repleta de emoções.  


A provocação de Ivana, em suas peças e modelos cada vez mais irreverentes e ousados, atravessa as passarelas e editoriais do mundo para invadir as manchetes, as demandas e os clamores de uma natureza em chamas. Este projeto é um enaltecimento do Brasil e uma oportunidade de gritar ao mundo sobre o que é, de fato, belo de verdade.