Seja bem vindo
Curitiba,28/11/2022

  • A +
  • A -

O que é Marketing de Afiliados, como funciona e como começar?


O que é Marketing de Afiliados, como funciona e como começar?

Marketing de Afiliados


Ao longo do tempo, várias táticas de vendas e de divulgação se desenvolveram. No decorrer dos tempos atuais, de entre elas, uma que se destaca é a do Marketing de Afiliados.

É comum que se desenrole, no marketing, o surgimento de novas vertentes. Algumas delas, entretanto, em vez de sugerirem algo totalmente novo, ancoram-se em preceitos antigos e concebidos por outras metodologias.

Entre essas, a depender do período do mercado, as que mais tendem à obsolescência caem em desuso, e frequentemente, em contrapartida, outras esquecidas reaparecem no cenário do mercado de vendas. 

Há, aliás, um terceiro tipo, que devido à sua aplicabilidade e à sua impossibilidade de gravar danos perigosos à qualquer empresa que o utiliza, sempre está em alta no mercado.

Portanto, o Marketing de Afiliados, vertente da qual se falará neste artigo, é um fiel exemplo desse terceiro tipo.

Quanto a ela, propriamente, é necessário saber que esse método de vendas tem sido, além de largamente utilizado, extremamente eficaz em seus propósitos, visto que é o modelo referencial de grandes corporações, como a Amazon.

Portanto, a fim de que se conheçam os preceitos e os porquês desse estilo de divulgação, este artigo o abordará integralmente, explicando-lhes, além de tudo o que foi mencionado, como ela pode ser frutífera ao exercício das vendas.

Isso porque ele é um método inclusivo e com o qual quaisquer espécies de empreendimentos podem contar para gerirem seus negócios, mesmo uma mecânica de carros ou um empreendimento de habilitação para jet ski pode utilizá-lo.

Conceito de Marketing de Afiliados

O Marketing de Afiliados é a estratégia da publicidade e do marketing digital na qual um afiliado, exterior a uma empresa, promove um produto ou serviço desta e, por meio dos quais, obtém comissões pelas vendas concretizadas.

Essa tática, conforme ao que foi dito na introdução deste texto, não é uma novidade. Ela pertence ao leque de táticas provenientes e oriundas do marketing digital.

O que a diferencia de outras táticas é a bipartição dos encargos de responsabilidade sobre as ações que a constituem. Desse modo, uma parte deve ser assumida pelo filiado; a outra, pela empresa.

De acordo com o que se espera, o ônus e as responsabilidades são divididos, e os ganhos obtidos são igualmente fruídos por ambas as partes envolvidas na relação.

Entretanto, esse vislumbre feito de um modo bipartido a ela pode não ser o suficiente para capturar a lonjura com a qual o Marketing de Afiliados estende-se. 

Para melhor vê-la, é fundamental citar a completude dos elementos que a compõem, os quais são:

  • Empreendedor, que oferta o produto;

  • Produto/serviço;

  • Afiliado, que agirá como um anunciante;

  • Cliente, que adquirirá o serviço e/ou produto.

A título de exemplo, um negócio de itens eletrônicos que vende tomada de telefone dupla deve compreender a importância que cada um desses fatores aporta à totalidade da sua estratégia.

Portanto, na hora de executá-lo, deve-se compreender que, prontamente, nenhum desses constituintes pode ser negligenciado ou protelado.

Saiba como o Marketing de Afiliados funciona

De acordo com o que foi falado desse tema até o momento, é possível, sem muito averiguá-lo, inferir-se que o método de afiliação atende a um critério principal de operação: a divulgação.

Assim, caso um depósito de materiais de construção que almeja enfocar a venda de uma telha brasilit de 3 metros pense em utilizar esse marketing, ele necessitará compreender que todos os seus processos implicam divulgação.

Daí surgem contrapontos relativos à pertinência dessa afirmação, uma vez que todo e qualquer marketing serve à divulgação e à promoção de vendas.

Não obstante que se trate de uma verdade, este, o estilo afiliativo, abrange a noção principal do marketing, que diz respeito à promoção, mas ele a concebe sob a perspectiva da autopromoção.

Nesse caso, por exemplo, quem promove o produto é o parceiro da empresa, o qual tem um elo de ligação negocial com ela. Portanto, pode-se dizer que essa abordagem foge às convenções do seu domínio.

A fim de compreender especificamente as táticas pelas quais ela se compõe, será apresentado, agora, o modo com o qual ele aplica em empresas.

Como aplicar o Marketing de Afiliados

Esse tipo é extremamente vantajoso aos seus utilizadores, pois tem grau alto de compatibilidade com diferentes espécies de divulgação e de anúncio.

Logo, se um e-commerce que vende itens acústicos, vide uma espuma expansiva isolamento acústico, quer promover maior alcance on-line dos seus produtos, ele é capaz de optar por diversas opções:

Custo por clique, custo por venda, custo por mil impressões e daí sucedem-se. Existem numerosas formas de se divulgar, mas elas só cooperam com a tática geral caso se aplique produtivamente o marketing de afiliados no seu negócio.

E para colocá-lo em obra, é preciso que se sigam estes passos, que são os constituidores principais dessa abordagem de marketing:

Escolher um segmento/nicho e um produto/serviço

Pensando em utilizar essa abordagem, será fulcral que quaisquer tipos de empresa realizem, antes de qualquer movimento, uma sondagem em nichos específicos de mercados.

Às vezes, para dizer bem a verdade, será necessário fixar os olhos em subdomínios a fim de, neles, encontrar um que se pareça frutífero à abordagem.

Portanto, em vez de, por exemplo, uma autoescola focar a tiragem de habilitações, ela pode intencionar fazer a tiragem de habilitação PCD moto, o que, nesse sentido, confere a ela a capacidade de atender a esse subdomínio.

O mesmo procedimento deve ser realizado caso se busque a ideia de qual produto deve ser ofertado.

Produzir conteúdo para o público selecionado

Sendo um clichê das táticas de marketing, é indispensável a qualquer estratégia de vendas, especialmente nessa de que se fala.

Para isso, exemplificando, um negócio que faz reformas em escritório compartilhado poderá criar um blog e, nele conseguirá, igualmente, postar conteúdos (postagens, vídeos, afins) que se relacionem diretamente ao nicho da sua proposta de mercado.

Esses conteúdos podem, da mesma maneira, ser postados em redes sociais, visto que hoje elas são indissociáveis da ideia de alcance exitoso. 

Divulgar link de Marketing de Afiliado

Para realizar a divulgação do link de Marketing de Afiliado, isto é, o que assegurará o curso da estratégia, visto que é o elemento que a diferencia das demais formas, é possível recorrer a muitas plataformas.

De entre as mais populares, um negociador de portões que vende um portão de alumínio pequeno é capaz de utilizar, por exemplo, estas:

  • YouTube;

  • Facebook;

  • Instagram;

  • Blog autoral;

  • E-mail de marketing;

  • Plataformas pagas de afiliação.

Fora as opções gratuitas, existem as que são pagas, nas quais se segmentam os nichos aos quais o negócio quer se endereçar. 

É possível que a obtenção de alguém ou de algum negócio que coopere com a afiliação seja um processo complexo, uma vez que exige, de entre muitos processos, os quais correspondem à pesquisa acerca do filiado, também a confiança para com ele.

Considerações finais

O marketing de afiliação é uma vertente do marketing digital na qual se intenciona a divulgação de um produto e/ou serviço por intermédio de um afiliado; o qual, por sua vez, recebe uma comissão, representante de uma parte dos resultados obtidos.

Não obstante que seja uma tática derivada de outra e que os seus preceitos sejam, em grande parte, já conhecidos por grande parte dos profissionais desse meio, o que a torna interessante é justamente o fato de haver um intermédio executante dela.

Ou seja, nessa tática, quem assume o papel de promotor de, por exemplo, um negócio de artigos industriais que vende varredeira de piso industrial não é a própria empresa que o oferta.

O divulgador é um elemento à parte da empresa, e em virtude disso, é essencial que ele seja escolhido pormenorizadamente. A ideia que circunda essa seletividade justifica-se pelos bens e pelos males que ele pode aportar ao negócio.

A fim de se minimizarem os riscos e para que se amplifiquem as possibilidades do seu sucesso, o negócio pode servir-se da divulgação do seu link de afiliação, ao qual acederão os possíveis parceiros da afiliação.

Se, entretanto, as redes lhe parecerem nebulosas, o empreendimento consegue, igualmente, por meio de plataformas pagas, angariar um bom número de potenciais afiliados à empresa, de modo que se pluralize o seu montante de possibilidades.

Quando da seleção de algum desses, a empresa será capaz de pôr em via de ação esse método, que não tem surgimento fortuito ou repentino, mas que é, na verdade, recorrente em grandes corporações. 

É importante lembrar, contudo, que agir eticamente é indispensável ao bom exercício dessa estratégia, e para isso, deve-se, sempre, pagar ao afiliado aquilo que foi acordado.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login