Seja bem vindo
Curitiba,28/11/2022

  • A +
  • A -

Quais são as doenças mais comuns no Brasil e como se prevenir


Quais são as doenças mais comuns no Brasil e como se prevenir


Não é só a Covid-19
que preocupa os brasileiros quando o assunto é saúde, por isso, listamos quais
são as doenças mais comuns no Brasil e como se prevenir

A pandemia veio trazer um alerta para a vida dos
brasileiros: devemos cuidar mais da nossa saúde nos prevenindo de todos os
tipos de doenças, não é mesmo? Mas você sabe quais são as doenças mais comuns
no Brasil e como se prevenir?

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças
consideradas Crônicas Não Transmissíveis são as que mais causam morte entre as
pessoas.

Pensando nisso, listamos neste artigo as doenças mais comuns
no Brasil e como se prevenir.

Conheça algumas doenças mais comuns
no Brasil

Existem as doenças crônicas, que impactam muito no dia a dia
de um cidadão e também tem as crônicas infecciosas, que são transmissíveis e
precisam de um pouco mais de cuidado para não contaminar uma grande parte da
população.

É importante dizer que essas três primeiras doenças podem
ser prevenidas e tratadas com ajuda de um nutricionista. O plano de saúde cobre nutricionista, mas, se
não tiver, pode buscar no posto de saúde mais próximo da sua casa.

1.    Diabetes

Vamos começar pela doença que afeta milhões de brasileiros e
deixa o Brasil em quinto lugar em um estudo mundial
entre adultos que têm entre 20 e 79 anos.

Existem três tipos de diabetes: o tipo 1, o tipo 2 e o
gestacional.

       
Tipo 1 afeta cerca de 10% dos casos de diabetes
e por ser adquirido de forma hereditária, por conta disso, não tem muita
prevenção. Os principais sintomas são: fome e sede constantes, vontade de fazer
xixi muitas vezes, fadiga, alterações no

humor.  

       
Tipo 2 Esta é a mais comum, afetando 90% dos
casos, e é quando o corpo não aproveita a insulina produzida. Os sintomas mais
frequentes são formigamento nos pés e nas mãos, frequentes infecções nos rins e
bexiga, feridas que demoram mais tempo para cicatrizar e visão embaçada.

Neste caso, por ser uma doença adquirida, existem algumas
formas de prevenção que podem ser inseridas na sua rotina, por exemplo. São
elas: deixar de fumar, controlar o peso, ter uma alimentação saudável, diminuir
o consumo de açúcar, gordura e sal.

       
Gestacional – como o nome diz, este tipo é comum
entre as mulheres grávidas e também pode ser prevenida com mudanças de hábitos,
principalmente, durante o período gestacional. Após o nascimento da criança,
esta doença pode “sumir”.

2.    Colesterol Alto ou Dislipidemia

Esta doença é uma das grandes responsáveis pelo aumento de
problemas cardiovasculares, que podem levar a pessoa ao infarto.

Para prevenir, o ideal é deixar de lado o grande consumo de
comidas gordurosas e colocar em prática atividades físicas várias vezes na
semana para, desta forma, controlar os níveis de colesterol no sangue.

3.    Hipertensão

Conhecida de maneira popular como pressão alta, o
diagnóstico de uma pessoa hipertensa acontece quando a pressão sanguínea está
maior que 140/90 mmHg (14 por 9). 

Por ser uma doença silenciosa, ela é muito perigosa, pois a
pessoa pode ter problemas como, por exemplo, insuficiência cardíaca, infarto,
insuficiência cardíaca ou até mesmo um acidente vascular cerebral (também
conhecido como derrame ou AVC).

Os principais sintomas que podem ajudar, além da elevação da
pressão, são dores de cabeça, mal-estar constante e tonturas.

Para prevenir este tipo de doença, é preciso ter uma rotina
de alimentação saudável, principalmente, evitando alimentos que tenham muito
sal. Tomar cuidado com o peso também é uma forma efetiva de prevenção.

Segundo dados da Pesquisa Nacional de Saúde, realizada em
2019, cerca de 24% dos brasileiros que têm mais de 18 anos estavam com pressão
alta. Já para maiores de 60 anos, o número subiu para 47%.

 

4.    Asma

Doença respiratória, também
conhecida como bronquite asmática ou bronquite alérgico, é quando os existe uma
inflamação crônica dos brônquios, que são os responsáveis por levar o ar aos
pulmões.

Os principais sintomas de uma pessoa com asma são tosse
prolongada, pressão no peito no momento de respirar, chiado no peito e cansaço.

Por não ter muito uma causa aparente, para evitar crises, o
ideal é deixar o ambiente mais arejado e limpo possível, tomar vacina, evitar
cheiros fortes e não fumar.

Além de todas estas prevenções que citamos em cada doença, a
principal forma de se prevenir é realizar check-ups, pelo menos, uma vez por
ano. Se você tem um plano de saúde, agende uma consulta e explique que gostaria
de realizar exames de rotina.

Já para as pessoas que não têm plano de saúde, o Brasil
fornece a oportunidade de atendimento no SUS (Sistema Único de Saúde) sem
nenhum custo para a população.

Não deixe de fazer o seu check-up!

































































Por Jeniffer Elaina



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login