Seja bem vindo
Curitiba,25/09/2022

  • A +
  • A -

Como é ter uma Hilux? Descubra aqui!


Nascida há 50 anos para "todos", a Toyota Hilux comemora cinco décadas como uma das pick-ups mais importantes do mercado mundial, com mais de 18 milhões de unidades comercializadas. Mas como é ter uma Hilux?

Se você quer saber mais sobre como é ter uma Hilux e suas gerações até agora, não deixe de acompanhar esse artigo agora mesmo!

Como é ter uma Hilux?

1a geração (1968-1972)

A Toyota Hilux apareceu em março de 1968 como uma nova caminhonete que integrou e sucedeu a Toyota Briska. O veículo foi concebido pela Toyota, enquanto seu desenvolvimento e fabricação foram realizados pela Hino Motors, Ltd., em sua fábrica em Hamura (Japão).

O motor era uma unidade de 1,5 litro e 70 hp (2R). Tinha uma estrutura separada do corpo, com suspensão traseira dupla triangular/helicoidal e suspensão traseira rígida. 

A transmissão era manual, de quatro velocidades, com a alavanca de câmbio montada na coluna de direção. A primeira Hilux tinha capacidade para três ocupantes e uma carga líquida de 1.000 kg.

2a geração (1972-1978)

A segunda geração da Hilux chegou ao mercado em maio de 1972. Tanto a longa cabine quanto a versão de cabine curta montaram os mesmos componentes mecânicos que seus antecessores, embora a distância entre eixos tenha sido aumentada em 10 e 45 mm, respectivamente. 

O comprimento da plataforma de carga e a carga líquida máxima também foram mantidos. Além do modelo padrão, equipado com um motor de 1,6 litros, a versão Highway foi adicionada, com um motor de 2,0 litros e 105 cv (18R), para uma condução mais suave na rodovia.

3a geração (1978 - 1983)

A terceira geração da Hilux foi colocada à venda em setembro de 1978. O modelo ofereceu um conforto de direção notável. Uma das novidades foi uma seleção de três modelos de comprimento padrão e quatro modelos de corpo longo.

O novo acabamento topo de gama, a versão Super Deluxe, tinha uma cabine de 90 mm mais longa do que a padrão, resultando em um interior mais amplo. 

4a geração (1983 - 1988)

Em novembro de 1983, a quarta geração da Hilux foi lançada. Os modelos com tração traseira incluíam as séries Comfortable e Popular. O primeiro correspondeu à quarta geração do modelo com um design interior e exterior renovado, enquanto o segundo designou o modelo de terceira geração, cuja produção foi mantida.

5a geração (1988 - 1997)

A quinta geração da Hilux, que foi comercializada em setembro de 1988, adotou três conceitos básicos da marca: "poder, solidez e conforto". 

Para melhorar sua funcionalidade como veículo polivalente, conhecido como veículo recreativo no Japão naquela época, o equipamento interior foi melhorado.

As variações básicas do corpo foram reduzidas à incorporação de portas com painéis e janelas de guilhotina. Uma diferença substancial entre os modelos com tração traseira e tração nas quatro rodas foram os arcos das rodas: o primeiro incorporava guarda-lamas sem projeções, enquanto o segundo tinha projeções nos arcos das rodas. 

6a geração (1997 - 2004)

A sexta geração da Hilux, lançada em setembro de 1997, incluiu uma linha para fins comerciais e outra para uso pessoal, que incorporava equipamentos e dispositivos característicos de um veículo off-road.

Assim, a Hilux ofereceu uma cabine maior e mais longa, além de mais silenciosa. 

7a geração (2004 - 2015)

Em agosto de 2004, a sétima geração da Hilux foi colocada à venda, como uma nova caminhonete disponível. Herdeiro do estilo robusto da sexta geração, ela ofereceu aos clientes do século XXI altos níveis de durabilidade e conforto.

Esta sétima geração do Hilux foi a primeira a ser produzida fora do Japão. A maioria delas foi fabricada na Tailândia, África do Sul e Argentina, para distribuição entre os países das regiões correspondentes, e com parte da produção na Malásia, Paquistão e Venezuela.

8a geração (2015)

Em maio de 2015, a oitava geração do Hilux foi lançada. Para entender melhor as necessidades do mercado, as equipes de desenvolvimento viajaram pelo planeta para ter uma ideia melhor das diferentes condições de uso em cada lugar.

Todo o conceito de desenvolvimento da oitava geração se concentrou em "redefinir a robustez", com peças Hilux originais Toyota desenvolvidas com extrema rigidez, com o objetivo de tornar o novo modelo ainda mais robusto. 

O design desta oitava geração "reduziu o estresse" o máximo possível, ofereceu conforto de direção que tornou as viagens mais longas e mais difíceis menos cansativas, uma cabine silenciosa que permitia a comunicação entre seus ocupantes e maior autonomia graças ao menor consumo de combustível.



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login