Pesquisa revela que é necessário descansar entre reuniões on-line

Encontros virtuais seguidos podem ser estressantes

Por Assessoria 01/07/2021 - 18:19 hs

Ao contrário do que muitas pessoas poderiam imaginar, o trabalho remoto também pode ser bastante estressante. Se, por um lado, os profissionais não precisam se locomover para chegar à empresa, por outro, os encontros apenas virtuais podem desgastar e até prejudicar a produtividade. 

De acordo com pesquisa realizada pelo Laboratório de Fatores Humanos da Microsoft, responsável pela criação do aplicativo Microsoft Teams, fazer reuniões seguidamente não é o ideal. A grande exposição às telas gera um cansaço no cérebro e, como consequência, mais estresse. Entenda por que e o que fazer para evitar a fadiga! 

 

Como foi realizado o estudo

Para realizar o estudo, a Microsoft observou o comportamento de quatorze pessoas enquanto usavam aparelhos de eletroencefalograma - capazes de monitorar a atividade elétrica do cérebro. Os voluntários participaram de duas sessões. Em uma, eles estiveram em quatro reuniões seguidas com duração de 1h30 cada e sobre assuntos diferentes. 

Na outra experiência, os participantes também foram para quatro reuniões. Porém, eles tiveram um descanso de dez minutos entre cada encontro. Durante esse tempo, os indivíduos meditaram por meio de um aplicativo. 

A partir disso, os pesquisadores perceberam que quando os eventos são consecutivos e sem descanso a fadiga é muito maior. Sem contar que os participantes passam a ter menos concentração e podem até ter mais chance de se envolver em discussões por causa do estresse. 

A Microsoft decidiu, então, adaptar os sistemas. As reuniões de videoconferência gratuita do Teams, por exemplo, terão um intervalo de pelo menos cinco minutos, para que os participantes possam se desconectar um pouco.