Começa a vacinação contra a Covid-19 em Araucária

Nesta etapa inicial o município deve seguir a orientação do Ministério da Saúde e vacinar somente idosos de asilos e profissionais da saúde de linha de frente

Por Assessoria 20/01/2021 - 16:01 hs

A campanha de vacinação contra a Covid-19 em Araucária começou pontualmente as 10h desta quarta-feira (20), no Departamento de Atenção primária do Complexo São Vicente. A técnica de enfermagem, Leila Salete de Souza, 53 anos, moradora do Bairro Estação foi a primeira imunizada. Ela faz parte de uma das equipes itinerantes que farão a vacinação no município. A vacina foi aplicada pela auxiliar de enfermagem Ana Claudia Gonçalves de Souza, 42 anos.

Ao meio dia, foi realizado um ato simbólico para marcar o início da vacinação no CECC (Centro Especial de Combate ao Coronavírus Sandra Maria Aparecida Ribeiro). Com a presença do secretário Municipal de Saúde, Adilson Suguiura, em um momento histórico e de muita emoção, o enfermeiro Samoel Lourenço dos Santos, 33 anos, recebeu a dose da Coronavac. “Estou emocionado e feliz por ter a oportunidade de receber a vacina. Este é um momento que foi muito aguardado nos últimos meses”, disse.

O secretário de Saúde destaca que, mesmo com a vacinação, continua sendo fundamental que a população siga com as medidas de prevenção e isolamento. “Continuem usando máscaras, álcool em gel, higienizando as mãos e respeitando o distanciamento social. Não pensem que a vacina vai acabar com o vírus imediatamente”, alerta.

Quem vai receber a vacina

Araucária recebeu 1.014 doses da Coronavac e, conforme determinação do Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde, nesta primeira etapa receberão a vacina exclusivamente: profissionais da saúde que atuam na linha de frente e idosos acima de 60 anos que residem em asilos.

Como serão aplicadas as doses
Nesta primeira etapa, equipes volantes irão até os locais, como asilos e estabelecimentos de saúde, para aplicar as doses da Coronavac. Desta forma, a vacinação será descentralizada, ou seja, não será nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Estas equipes serão compostas por três profissionais sendo: 01 enfermeiro (a) e 02 técnicos (as) de enfermagem que receberam treinamento adequado para administrar os imunizantes.

Quem é Samoel
Samoel Lourenço dos Santos é enfermeiro, tem 33 anos, trabalha no Centro Especial de Combate a Covid-19 em Araucária e também no município de Rio Branco do Sul. É especialista em saúde da criança e adolescente, especialista em urgência e emergência e UTI, mestre em ensino nas ciências da saúde. Há três anos trabalha em Araucária, já tendo atuado na escola técnica Menna Barreto e no Hospital Municipal de Araucária (HMA).

Em 2016, Samoel salvou a vida de uma jovem de São Paulo com uma grande atitude: doação de medula óssea. Beatriz Arantes, hoje com 25 anos, foi curada da leucemia após receber a doação do enfermeiro. Hoje, são como irmãos, e ele diz que tem duas famílias.