Conheça todos os tipos de aromatizadores e as características destes produtos

Saiba qual é a melhor opção para cada ambiente.

Por Assessoria 19/01/2021 - 18:41 hs

Se tem algo que modifica completamente um ambiente é o cheiro. Um odor ruim desperta sensações negativas, como nojo e repulsa, enquanto fragrâncias agradáveis ativam sentimentos positivos, como tranquilidade e alegria.

 

Além disso, o resgate de lembranças por meio da memória olfativa é algo extremamente marcante em nós humanos, permitindo que recordemos de lugares e pessoas graças ao contato com uma fragrância familiar.

 

Nesse sentido, os aromatizadores aparecem como um incentivo a sensações agradáveis, como frescor, tranquilidade e alegria. Sem falar, é claro, da manutenção de ambientes que estão expostos ao mau cheiro, como banheiros e cozinha.

 

Existem várias versões desses produtos, desde um odorizador de banheiro até um difusor com varetas para sala ou escritório. A seguir, conheça quais são os principais tipos de aromatizadores, para que eles são indicados e por quanto tempo o perfume dura no ambiente.

Desodorizador de sanitário

Pastilha, pedra ou gel, acoplado ao vaso sanitário ou pendurado na parte interna dele, o desodorizador é algo necessário para eliminar o mau cheiro em qualquer banheiro. O produto é ativado pelo jato de água proveniente da descarga, liberando um cheirinho que disfarça o mau odor.

Aromatizador aerossol

O aromatizador aerossol é muito utilizado quando você precisa inibir o mau cheiro de forma rápida e instantânea, já que o produto consegue cumprir com essa missão em questão de segundos.

 

Ele é muito usado para cômodos da casa, como banheiro e cozinha. Isso sem falar que também pode dar um cheirinho melhor a qualquer espaço, só a durabilidade que não é tão grande. Existem versões em que é possível colar o aparelho com o refil do aromatizador em paredes para deixar o produto mais acessível no dia a dia.

Aromatizador spray

Bem semelhante ao modelo aerossol, a versão em spray também tende a ser usada em ambientes onde pode surgir aquele mau cheiro de uma hora para outra. No caso do spray, há embalagens bem inteligentes, que são configuradas para disparar o jato perfumado de tempos em tempos, uma boa ideia para espaços como cozinha e área de serviço.

Difusor com varetas

Mais elegante e sofisticado, o difusor com varetas é uma sugestão para quem gosta de ter um ambiente com um cheirinho delicioso por muito mais tempo. Ele pode ser usado tanto em casa quanto em ambientes como escritório.

 

Trata-se de um vaso com líquido perfumado, no qual são colocadas varetas. São elas que absorvem o líquido e, ao serem invertidas, fazem com que ele evapore, de modo a exalar o perfume. Assim, a propagação do cheiro é mais intensa e um pouco mais duradoura.

Sachê perfumado

Os saquinhos de papel são um tipo de aromatizador usado em pequenos espaços ou ambientes fechados, como armários, gavetas, bolsas, malas e até carro.

 

No caso de armários, o sachê não deve ficar em contato direto com as roupas nem sobre superfícies quentes, então vale a pena pendurá-los. Quando a aromatização perder completamente sua função, é hora de trocar o sachê por um novo.

Óleo aromático

Esta opção é deliciosa para quem adora ter um ambiente relaxante, tranquilizante ou que desperte a alegria. Essas sensações vão depender do tipo de óleo essencial usado: lavanda, capim-limão, alecrim, citronela, hortelã-pimenta, laranja-doce, gerânio, etc.

 

O óleo aromático precisa de um meio para exalar a fragrância, como um difusor de cerâmica elétrico ou com vela. A quantidade de gotas usadas vai determinar a intensidade e a constância do cheiro.

Aromatizador de lençóis

Nada como dormir em uma cama com travesseiros e fronhas perfumados, não é mesmo? Com o aromatizador de lençóis, você consegue ter essa sensação diariamente.