Concurso SES RS: Autorizado para 2021! Mais de 900 vagas. VEJA!

Último certame foi em 2014 com remunerações até R$ 3 mil. Gran Cursos Online traz todas as informações!

Por Assessoria 18/01/2021 - 19:25 hs

Atenção concurseiros! Foi autorizado um novo concurso da Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul (Concurso SES RS). A notícia foi anuncia pelo governador Eduardo Leite e secretários estaduais em transmissão ao vivo na última quinta-feira (14/01).

O concurso SES RS visa preencher 948 cargos, sendo 750 especialistas em saúde e 198 técnicos em saúde. Os quadros são necessários para ações e serviços executados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), organizadas de forma regionalizada e hierarquizada pela Secretaria da Saúde (SES), que tem papel fundamental para o completo funcionamento da rede.

Lembramos que atualmente existem 295 pedidos de aposentadorias aguardando deferimento e publicação. Ou seja, em curto prazo, haverá vacância de 1069 cargos que precisarão ser repostos, sob pena de comprometimento do desenvolvimento regular das atribuições da secretaria. A SES RS também tem, atualmente, 143 cargos em contratação emergencial, que terão seu prazo de validade esgotado ainda neste ano.

Nos últimos anos a SES RS vem realizando apenas processos seletivos simplificados.

Concurso SES RS: Remuneração e benefícios

A assessoria do Gran Cursos Online toma nota para apurar as remunerações da Estrutura Remuneratória disponível no Portal da Transparência do SES RS. no último concurso

A remuneraçãono último concurso,variavam e podiam chegar a R$3.117,07, e a jornada de trabalho era de 30 horas. Na época, a banca organizadora foi a Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (FUNDATEC).

Concurso SES RS: Cargos e vagas

No último concurso SES RS realizado em 2014 foram ofertadas vagas para os seguintes cargos:

Especialista em Saúde 

Jornada de trabalho: 30h

Técnico em Saúde 

Jornada de trabalho: 30h

Concurso SES RS: Carreira Requisitos

Especialista em Saúde

  • Administrador : Curso superior em Administração de Empresas ou Administração Pública e Registro no CRA/RS

  • Assessor Jurídico: Curso Superior de Ciências Jurídicas e Sociais

  • Assistente Social: Curso Superior de Serviço Social e Registro no CRESS/10a
    região

  • Educador Físico: Curso Superior de Educação Física e Registro no CREF2/RS

  • Enfermeiro: Curso Superior de Enfermagem e Registro no COREN/RS

  • Engenheiro Civil:  Curso Superior de Engenharia Civil e Registro no CREA/RS

  • Farmacêutico: Curso Superior de Farmácia e Registro no CRF/RS

  • Físico: Curso Superior em Física

  • Fisioterapeuta: Curso Superior em Fisioterapia e Registro no CREFITO/RS

  • Fonoaudiólogo: Curso Superior em Fonoaudiologia e Registro no CRFa7/RS

  • Médico Auditor: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS

  • Médico cardiologista: Curso Superior em medicina e Registro no CREMERS e certificado de especialista em Cardiologia

  • Médico clínico geral: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS

  • Médico dermatologista: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS e certificado de especialista em Dermatologia

  • Médico do trabalho: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS e certificado de especialista em Medicina do
    Trabalho

  • Médico endocrinologista: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS e certificado de especialista em
    Endocrinologia

  • Médico epidemiologista: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS e certificado de especialista em Epidemiologia

  • Médico gastroenterologista: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS e certificado de especialista em
    Gastroenterologia

  • Médico geriatra: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS e certificado de especialista em Geriatria

  • Médico ginecologista: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS e certificado de especialista em Ginecologia

  • Médico neurologista: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS e certificado de especialista em Neurologia

  • Médico pneumologista: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS e certificado de especialista em Pneumologia

  • Médico psiquiatra: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS e certificado de especialista em Psiquiatria

  • Médico regulador: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS

  • Médico reumatologista: Curso Superior em Medicina e Registro no CREMERS e certificado de especialista em Reumatologia

  • Nutricionista: Curso Superior em Nutrição e Registro CRN/RS

  • Psicólogo: Curso Superior de Psicologia e Registro no CRP/RS

  • Sanitarista: Curso de nível superior, respectivo Registro no Conselho de Classe e especialização em Saúde
    Pública

  • Sociólogo: Curso Superior em Sociologia

  • Terapeuta ocupacional: Curso Superior de Terapia Ocupacional e Registro no CREFITO/RS

Técnico em Saúde

  • Técnico em Enfermagem: Ensino Médio Completo e Curso de Técnico de Enfermagem e Registro no COREN/RS

  • Técnico em Informática: Ensino Médio completo e Curso Técnico em Informática

Atribuições

Especialista em Saúde

  • Administrador : Planeja, organiza, controla, executa e dá assessoria nas atividades das áreas de recursos
    humanos, patrimônio, materiais, informações, financeira, tecnológica; implementa programas e projetos; elabora
    planejamento organizacional; promove estudos de racionalização e controla o desempenho organizacional.
    Presta consultoria administrativa a Secretaria de Saúde e aos funcionários. Realiza outras atividades correlatas.

  • Assessor Jurídico: Presta assessoramento jurídico ao Secretário e aos órgãos da Secretaria de Saúde; elabora
    pareceres, informação, exposição de motivos, anteprojetos de lei e de decretos e outros atos de interesse da
    Secretaria de Saúde em que seja necessário o assessoramento jurídico; analisa minuta de convênios, acordos,
    contratos ou similares em que a Secretaria de Saúde seja parte ou de interesse dessa; presta informações à
    Procuradoria Geral do Estado sempre que solicitado; efetua o exame jurídico dos atos relativos aos servidores
    públicos. Realiza outras atividades correlatas.

  • Assistente Social: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, executa e avalia programas de natureza
    educativa, de promoção da saúde mental e de ascensão social, nas áreas de saúde; realiza diagnóstico de perfil
    psicossocial de indivíduos e comunidades; realiza ou participa do atendimento individual de pessoas; promove a
    participação social nos programas de saúde; participa da elaboração de normas e procedimentos na área, bem
    como participa do desenvolvimento de recursos humanos. Realiza outras atividades correlatas.

  • Educador Físico: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de reabilitação de
    seqüelas de doenças ou agravos, de acordo com as propriedades estabelecidas; participa do diagnóstico das
    condições de saúde de comunidades; realiza o atendimento para a reabilitação física, psicológica e social do
    indivíduo; promove a participação social nos programas de reabilitação; participa da elaboração de normas e
    procedimentos da área e, do desenvolvimento de recursos humanos. Realiza outras atividades correlatas.

  • Enfermeiro: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa as atividades de enfermagem
    em saúde pública, de estabelecimento de normas sobre os serviços, bem como promove a participação social nas
    ações de saúde pública do Estado e participa do programa de desenvolvimento de recursos humanos.

  • Engenheiro Civil: Planeja, supervisiona e executa projetos de construção, restauração e de desenvolvimento,
    elabora estudos e pareceres sobre edificações relacionadas com a área de saúde; examina, para fins de
    licenciamento, projetos de estabelecimentos e instalações relacionadas à saúde; elabora normas e procedimentos
    para a área, elabora o layout físico das áreas; projeta e executa instalações elétricas, elabora estudo do
    mobiliário; bem como realizar os serviços de engenharia requeridos para o desenvolvimento das atividades de
    saúde pública; participa do desenvolvimento de recursos humanos.

  • Farmacêutico: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa atividades relativas ao
    abastecimento, guarda e dispensa de drogas, medicamentos, insumos e material de laboratório no estoque; com
    o estudo e pesquisa relativos à área de farmácia; bem como participa do desenvolvimento de recursos humanos e
    registra entorpecentes e psicotrópicos receitados, requisitados e utilizados no aviamento de fórmulas
    manipuladas.

  • Físico: Planeja, orienta, coordena, executa e avalia ações de fiscalização referentes ao
    cumprimento de legislação, normas técnicas e procedimentos relativos à área de saúde pública e produção e
    comercialização de produtos biológicos; elabora normas e procedimentos da área; promove a participação social
    nas atividades da área; desenvolve ações integradas com instituições afins, bem como participa do
    desenvolvimento de recursos humanos. Realiza outras atividades correlatas.

  • Fisioterapeuta: : Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de reabilitação
    de seqüelas de doenças ou agravos, de acordo com as propriedades estabelecidas; participa do diagnóstico das
    condições de saúde de comunidades; realiza o atendimento para a reabilitação física, psicológica e social do
    indivíduo; promove a participação social nos programas de reabilitação; participa da elaboração de normas e
    procedimentos da área e, do desenvolvimento de recursos humanos. Realiza outras atividades correlatas.

  • Fonoaudiólogo: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de reabilitação de
    seqüelas de doenças ou agravos, de acordo com as propriedades estabelecidas; participa do diagnóstico das
    condições de saúde de comunidades; realiza o atendimento para a reabilitação física, psicológica e social do
    indivíduo; promove a participação social nos programas de reabilitação; participa da elaboração de normas e
    procedimentos da área e, do desenvolvimento de recursos humanos. Realiza outras atividades correlatas.

  • Médico Auditor: Verifica a conformidade por meio de exame analítico e pericial dos atos técnico
    administrativos praticados no âmbito do SUS por pessoas físicas e jurídicas integrantes ou participantes do
    sistema, avaliando estrutura, processo e resultados, mediante a confrontação entre uma situação encontrada e
    determinados critérios técnicos, operacionais ou legais, procedendo a exame especializado de controle na busca
    da melhor aplicação de recursos, visando evitar ou corrigir desperdícios, irregularidades, negligências e omissões;
    Atua essencialmente quando as funções de controle, avaliação e regulação sinalizarem distorções ou quando
    essas ações mostrarem-se insuficientes para prevenir ou corrigir as falhas. Portanto, a pré-existência desses
    mecanismos, associada aos instrumentos de planejamento e gestão do SUS, são elementos essências para a
    fundamentação e a abertura de processos de auditoria.

  • Médico cardiologista: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de saúde pública
    principalmente no que se refere a promoção e prevenção da saúde,o controle de doenças transmissíveis e nãotransmissíveis, agravos ambientais à saúde, proteção materno-infantil, vigilância em saúde, suplementação
    nutricional e preservação da saúde do trabalhador; realiza o atendimento a pacientes e diagnósticos das
    condições de saúde das comunidades;bem como promove a participação social e a integração com outras
    instituições afins nos programas de saúde pública.

  • Médico clínico geral: : Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de saúde pública
    principalmente no que se refere a promoção e prevenção da saúde,o controle de doenças transmissíveis e nãotransmissíveis, agravos ambientais à saúde, proteção materno-infantil, vigilância em saúde, suplementação
    nutricional e preservação da saúde do trabalhador; realiza o atendimento a pacientes e diagnósticos das
    condições de saúde das comunidades;bem como promove a participação social e a integração com outras
    instituições afins nos programas de saúde pública.

  • Médico dermatologista: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de saúde pública
    principalmente no que se refere a promoção e prevenção da saúde,o controle de doenças transmissíveis e nãotransmissíveis, agravos ambientais à saúde, proteção materno-infantil, vigilância em saúde, suplementação
    nutricional e preservação da saúde do trabalhador; realiza o atendimento a pacientes e diagnósticos das
    condições de saúde das comunidades; bem como promove a participação social e a integração com outras
    instituições afins nos programas de saúde pública.

  • Médico do trabalho: : Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de saúde pública
    principalmente no que se refere a promoção e prevenção da saúde,o controle de doenças transmissíveis e nãotransmissíveis, agravos ambientais à saúde, proteção materno-infantil, vigilância em saúde, suplementação
    nutricional e preservação da saúde do trabalhador; realiza o atendimento a pacientes e diagnósticos das
    condições de saúde das comunidades;bem como promove a participação social e a integração com outras
    instituições afins nos programas de saúde pública.

  • Médico endocrinologista: : Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de saúde pública
    principalmente no que se refere a promoção e prevenção da saúde,o controle de doenças transmissíveis e nãotransmissíveis, agravos ambientais à saúde, proteção materno-infantil, vigilância em saúde, suplementação
    nutricional e preservação da saúde do trabalhador; realiza o atendimento a pacientes e diagnósticos das
    condições de saúde das comunidades; bem como promove a participação social e a integração com outras
    instituições afins nos programas de saúde pública.

  • Médico epidemiologista: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de saúde pública
    principalmente no que se refere a promoção e prevenção da saúde,o controle de doenças transmissíveis e nãotransmissíveis, agravos ambientais à saúde, proteção materno-infantil, vigilância em saúde, suplementação
    nutricional e preservação da saúde do trabalhador; realiza o atendimento a pacientes e diagnósticos das
    condições de saúde das comunidades;bem como promove a participação social e a integração com outras
    instituições afins nos programas de saúde pública.

  • Médico gastroenterologista: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de saúde pública
    principalmente no que se refere a promoção e prevenção da saúde,o controle de doenças transmissíveis e nãotransmissíveis, agravos ambientais à saúde, proteção materno-infantil, vigilância em saúde, suplementação
    nutricional e preservação da saúde do trabalhador; realiza o atendimento a pacientes e diagnósticos das
    condições de saúde das comunidades;bem como promove a participação social e a integração com outras
    instituições afins nos programas de saúde pública.

  • Médico geriatra: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de saúde pública
    principalmente no que se refere a promoção e prevenção da saúde,o controle de doenças transmissíveis e nãotransmissíveis, agravos ambientais à saúde, proteção materno-infantil, vigilância em saúde, suplementação
    nutricional e preservação da saúde do trabalhador; realiza o atendimento a pacientes e diagnósticos das
    condições de saúde das comunidades;bem como promove a participação social e a integração com outras
    instituições afins nos programas de saúde pública

  • Médico ginecologista: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de saúde pública
    principalmente no que se refere a promoção e prevenção da saúde,o controle de doenças transmissíveis e nãotransmissíveis, agravos ambientais à saúde, proteção materno-infantil, vigilância em saúde, suplementação
    nutricional e preservação da saúde do trabalhador; realiza o atendimento a pacientes e diagnósticos das
    condições de saúde das comunidades;bem como promove a participação social e a integração com outras
    instituições afins nos programas de saúde pública.

  • Médico neurologista: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de saúde pública
    principalmente no que se refere a promoção e prevenção da saúde,o controle de doenças transmissíveis e nãotransmissíveis, agravos ambientais à saúde, proteção materno-infantil, vigilância em saúde, suplementação
    nutricional e preservação da saúde do trabalhador; realiza o atendimento a pacientes e diagnósticos das
    condições de saúde das comunidades;bem como promove a participação social e a integração com outras
    instituições afins nos programas de saúde pública

  • Médico pneumologista: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de saúde pública
    principalmente no que se refere a promoção e prevenção da saúde,o controle de doenças transmissíveis e nãotransmissíveis, agravos ambientais à saúde, proteção materno-infantil, vigilância em saúde, suplementação
    nutricional e preservação da saúde do trabalhador; realiza o atendimento a pacientes e diagnósticos das
    condições de saúde das comunidades;bem como promove a participação social e a integração com outras
    instituições afins nos programas de saúde pública.

  • Médico psiquiatra: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de saúde pública
    principalmente no que se refere a promoção e prevenção da saúde,o controle de doenças transmissíveis e nãotransmissíveis, agravos ambientais à saúde, proteção materno-infantil, vigilância em saúde, suplementação
    nutricional e preservação da saúde do trabalhador; realiza o atendimento a pacientes e diagnósticos das
    condições de saúde das comunidades;bem como promove a participação social e a integração com outras
    instituições afins nos programas de saúde pública.

  • Médico regulador: analisa e decide sobre a gravidade de um caso que lhe está sendo comunicado por rádio
    ou telefone, estabelecendo uma gravidade presumida;
    – envia os recursos necessários ao atendimento, considerando necessidades e ofertas disponíveis; monitora e
    orienta o atendimento feito por outro profissional de saúde habilitado (médico intervencionista, enfermeiro, técnico
    ou auxiliar de enfermagem), por profissional da área de segurança ou bombeiro militar (no limite das
    competências desses profissionais) ou ainda por leigo que se encontre no local da situação de urgência; defini e
    aciona o serviço de destino do paciente, informando-o sobre as condições e previsão de chegada do mesmo,
    sugerindo os meios necessários ao seu acolhimento; julga a necessidade ou não do envio de meios móveis de
    atenção. Em caso negativo, o médico deve explicar sua decisão e esclarecer o demandante do socorro quanto a
    outras medidas a serem adotadas, por meio de orientação ou conselho médico, que permita ao solicitante assumir
    cuidados ou buscá-los em local definido pelo médico regulador; reconhece que, como a atividade do médico
    regulador envolve o exercício da telemedicina, impõe-se a gravação contínua das comunicações, o correto
    preenchimento das fichas médicas de regulação, das fichas de atendimento médico e de enfermagem, e o
    seguimento de protocolos institucionais consensuados e normatizados que definam os passos e as bases para a
    decisão do regulador; estabelece claramente, em protocolo de regulação, os limites do telefonista auxiliar de
    regulação médica, o qual não pode, em hipótese alguma, substituir a prerrogativa de decisão médica e seus
    desdobramentos, sob pena de responsabilização posterior do médico regulador; definie e pactua a implantação de
    protocolos de intervenção médica pré-hospitalar, garantindo perfeito entendimento entre o médico regulador e o
    intervencionista, quanto aos elementos de decisão e intervenção, objetividade nas comunicações e precisão nos
    encaminhamentos decorrentes; monitora o conjunto das missões de atendimento e as demandas pendentes;
    registra sistematicamente os dados das regulações e missões, pois como freqüentemente o médico regulador irá
    orientar o atendimento por radiotelefonia (sobretudo para os profissionais de enfermagem), os protocolos
    correspondentes deverão estar claramente constituídos e a autorização deverá estar assinada na ficha de
    regulação médica e no boletim/ficha de atendimento pré-hospitalar; sabe com exatidão as capacidades/
    habilidades da sua equipe de forma a dominar as possibilidades de prescrição/orientação/intervenção e a fornecer
    dados que permitam viabilizar programas de capacitação/revisão que qualifiquem/habilitem os intervenientes;
    submeter-se à capacitação específica e habilitação formal para a função de regulador e acumular, também,
    capacidade e experiência na assistência médica em urgência, inclusive na intervenção do pré-hospitalar móvel;
    zela para que todos os envolvidos na atenção pré-hospitalar observem, rigorosamente, a ética e o sigilo
    profissional, mesmo nas comunicações radiotelefônicas; mantem-se nos limites do sigilo e da ética médica ao
    atuar como porta-voz em situações de interesse público; toma a decisão gestora sobre os meios disponíveis,
    devendo possuir delegação direta dos gestores municipais e estaduais para acionar tais meios, de acordo com
    seu julgamento; decide sobre qual recurso deverá ser mobilizado frente a cada caso, procurando, entre as
    disponibilidades a resposta mais adequada a cada situação, advogando assim pela melhor resposta necessária a
    cada paciente, em cada situação sob o seu julgamento; decide sobre o destino hospitalar ou ambulatorial dos
    pacientes atendidos no pré-hospitalar; decide os destinos hospitalares não aceitando a inexistência de leitos
    vagos como argumento para não direcionar os pacientes para a melhor hierarquia disponível em termos de
    serviços de atenção de urgências, ou seja, garantir o atendimento nas urgências, mesmo nas situações em que
    inexistam leitos vagos para a internação de pacientes (a chamada “vaga zero” para internação). Deverá decidir o
    destino do paciente baseado na planilha de hierarquias pactuada e disponível para a região e nas informações
    periodicamente atualizadas sobre as condições de atendimento nos serviços de urgência, exercendo as
    prerrogativas de sua autoridade para alocar os pacientes dentro do sistema regional, comunicando sua decisão
    aos médicos assistentes das portas de urgência; regula as portas de urgência, considerando o acesso a leitos
    como uma segunda etapa que envolverá a regulação médica das transferências inter hospitalares, bem como das
    internações; aciona planos de atenção a desastres que estejam pactuados com os outros interventores, frente a
    situações excepcionais, coordenando o conjunto da atenção médica de urgência; requisita recursos públicos e
    privados em situações excepcionais, com pagamento ou contrapartida a posteriori, conforme pactuação a ser
    realizada com as autoridades competentes; exerce a autoridade de regulação pública das urgências sobre a
    atenção pré-hospitalar móvel privada, sempre que esta necessitar conduzir pacientes ao setor público, sendo o
    pré-hospitalar privado responsabilizado pelo transporte e atenção do paciente até o seu destino definitivo no
    Sistema; conta com acesso às demais centrais do Complexo Regulador, de forma que possa ter as informações
    necessárias e o poder de dirigir os pacientes para os locais mais adequados, em relação às suas necessidades.

  • Médico reumatologista: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de saúde pública
    principalmente no que se refere a promoção e prevenção da saúde,o controle de doenças transmissíveis e nãotransmissíveis, agravos ambientais à saúde, proteção materno-infantil, vigilância em saúde, suplementação
    nutricional e preservação da saúde do trabalhador; realiza o atendimento a pacientes e diagnósticos das
    condições de saúde das comunidades;bem como promove a participação social e a integração com outras
    instituições afins nos programas de saúde pública.

  • Nutricionista: : Planeja, coordena, orienta, executa e avalia ações e programas de nutrição e de assistência
    alimentar; realiza diagnósticos e sugere ações sobre a situação nutricional; controla higiene na produção,
    processamento, comercialização e uso de alimentos; promove a participação social em programas de nutrição e
    higiene de alimentos; fiscaliza o cumprimento de normas de padronização e classificação de alimentos; participa
    do desenvolvimento de recursos humanos para a área. Realiza outras atividades correlatas com a área de
    atuação.

  • Psicólogo: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, executa e avalia programas de natureza
    educativa, de promoção da saúde mental e de ascensão social, nas áreas de saúde; realiza diagnóstico de perfil
    psicossocial de indivíduos e comunidades; realiza ou participa do atendimento individual de pessoas; promove a
    participação social nos programas de saúde; participa da elaboração de normas e procedimentos na área, bem
    como participa do desenvolvimento de recursos humanos. Realiza outras atividades correlatas.

  • Sanitarista: Planeja, gerencia, propõe, executa, assessora e orienta programas, projetos, ações e
    estudos de saúde pública em nível local, regional e estadual. Realiza diagnósticos da saúde no Estado e de suas
    regiões, bem como participa dos programas de desenvolvimento de recursos humanos para as áreas de saúde
    pública. Executar outras atividades correlatas com a área.

  • Sociólogo: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, executa e avalia programas de natureza
    educativa, de promoção da saúde mental e de ascensão social, nas áreas de saúde; realiza diagnóstico de perfil
    psicossocial de indivíduos e comunidades; realiza ou participa do atendimento individual de pessoas; promove a
    participação social nos programas de saúde; participa da elaboração de normas e procedimentos na área, bem
    como participa do desenvolvimento de recursos humanos. Realiza outras atividades correlatas.

  • Terapeuta ocupacional: Planeja, organiza, coordena, supervisiona, avalia e executa programas de reabilitação de
    seqüelas de doenças ou agravos, de acordo com as propriedades estabelecidas; participa do diagnóstico das
    condições de saúde de comunidades; realiza o atendimento para a reabilitação física, psicológica e social do
    indivíduo; promove a participação social nos programas de reabilitação; participa da elaboração de normas e
    procedimentos da área e, do desenvolvimento de recursos humanos. Realiza outras atividades correlatas.

Técnico em Saúde

  • Técnico em Enfermagem: Executa as atividades de apoio ao atendimento nas unidades sanitárias e nos hospitais,
    fornece orientação quanto à higiene e alimentação, aplica agentes imunobiológicos e medicação em geral,
    procedimentos de saúde oral, preparação para exames, coleta de material e funções similares; auxilia e participa
    na mobilização comunitária para as ações de saúde pública. Executa outras atividades correlatas.

  • Técnico em Informática: Opera sistemas de computadores e microcomputadores; monitora o desempenho dos
    aplicativos, recursos de entrada e saída de dados, recursos de armazenamento de dados, registros de erros,
    consumo da unidade central de processamento, recursos de rede e disponibilidade dos aplicativos. Assegura o
    funcionamento do hardware e do software; garante a segurança das informações. Atende clientes e usuários,
    orientando-os na utilização de hardware e software; inspeciona o ambiente físico para segurança no trabalho.
    Desenvolve sistemas e aplicações; projeta, implanta e realiza manutenção de sistemas e aplicações; elabora
    relatórios; seleciona recursos de trabalho, tais como metodologias de desenvolvimento e linguagem de
    programação. Planeja etapas e ações de trabalho; realiza outras atividades correlatas.

Concurso SES RS: Etapas das provas

Os candidatos foram avaliados por meio de:

  • prova teórico objetiva;

Prova objetiva Disciplinas

O concurso contou com provas teóricas e objetivas, com 70 questões. Os conteúdos que caíram eram de Língua Portuguesa, Informática, Raciocínio Lógico, Legislação e Conhecimentos Específicos.

Estrutura da prova

O concurso contou com provas teóricas e objetivas, com 70 questões.

Concurso SES RS: Último concurso

Em 2018, a Secretaria de Saúde do estado (Concurso SES RS) realizou concurso, dispondo de  40 vagas para Especialistas em Saúde, na área de Especialização em Medicina, com a finalidade de atender à necessidade inadiável de execução de atividades-fins da SES na área de regulação.

Concurso SES RS: concurso gratuito imparável 2020

Você é imparável? Tem um sonho grande em mente que te motiva a seguir em frente em busca de uma vida melhor, mesmo com as dificuldades que aparecem no caminho (falta de tempo, desafios de conciliar a rotina, insegurança)? Se sim, então este curso é para você!

Organizamos de forma objetiva e prática em um só material algumas das principais disciplinas e conteúdos cobrados em concursos públicos para intensificar as suas chances de aprovação, tudo preparado por nossa equipe de colaboradores e professores especialistas no assunto. E o melhor: todo o conteúdo é totalmente gratuito! Mesmo se você ainda não começou a estudar, não deixe essa oportunidade passar. Nunca é tarde! Garanta a sua oportunidade no Curso Gratuito Imparável 2020!

Clique AQUI para se inscrever gratuitamente!

Resumo do concurso SES RS

Concurso

Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul (Concurso SES RS)

Banca organizadora

A definir

Cargos

Diversos

Escolaridade

Níveis médio, técnico e superior

Carreiras

diversas

Lotação

Rio Grande do Sul

Número de vagas

A definir

Remuneração

a definir

Inscrições

a definir

Situação

AUTORIZADO

Data da prova objetiva

a definir

Link do edital