Dentista Autônomo: Quais Os Impostos O Profissional Deve Pagar?

Por Assessoria 20/10/2020 - 09:13 hs

O dentista autônomo é um profissional que não possui vínculo com alguma empresa.

Assim sendo, é obrigatório que o profissional declare o seu imposto de renda e pague alguns impostos.

Portanto, se você atua como autônomo nessa área ou pretende atuar, saiba que deve pagar todos os seus impostos em dia e de forma correta, para evitar problemas posteriores.

Para saber mais sobre o assunto e como funciona a tributação para esse profissional, continue lendo esse conteúdo! 

Dentista autônomo 


Um dos maiores objetivos de muitos dentistas por aí é, sem dúvida, alcançar a independência financeira e profissional.

Por isso, não é incomum que hoje em dia haja um crescente número de profissionais que estão em busca de registro para que possam atuar como autônomos.

Bem, como dito antes, o dentista autônomo não possui quaisquer vínculos empregatícios com alguma empresa, desse modo, ele é livre para atuar de uma forma independente.

Ou seja, para um dentista autônomo, não é necessário funcionários e nem mesmo um registro em alguma empresa, por exemplo.

Todavia, é importante regularizar-se na prefeitura de sua cidade, para começar a prestar os seus serviços ou até mesmo abrir o seu próprio consultório odontológico.

No entanto, apesar dos benefícios em ser autônomo, há também alguns fatores que o profissional deve atentar-se para não ter problemas eventuais.

Portanto, é necessário que o dentista autônomo recolha os seus tributos. 

Quais impostos o dentista autônomo deve pagar? 


Mas, afinal, quais são os impostos que um dentista autônomo deve pagar?

Como você já sabe, o profissional que atua como pessoa física, é de suma importância manter os seus impostos em dia.

Assim sendo, a tributação é calculada por meio de três fatores, que são:

·         IRPF: geralmente varia de acordo com cada região;

·         INSS: percentual de 20% sobre o valor do ganho mensal;

·         ISS: pode variar de isento para até 27,5% sobre o valor bruto.

Portanto, é necessário pagar esses impostos para evitar problemas. 

Como pagar INSS dentista autônomo? 

Bem, para aqueles que desejam atuar como uma pessoa física, ou seja, como um autônomo, é preciso manter o livro-caixa atualizado.

Pois, é através dele que será registrado as suas despesas e em seguida deduzir a sua tributação.

Assim sendo, confira a seguir algumas despesas que devem ser contabilizadas para diminuir o lucro tributável: 

·         Aluguel;

·         Folha de pagamento;

·         Custo de materiais;

·         Contas de água, energia e telefone;

·         Impostos como INSS, ISS e IRPF.

Mas, além disso, há muitas outras questões burocráticas que são um pouco mais complicadas de entender, ainda mais para quem não entende sobre o assunto.

Assim sendo, para não ficar no prejuízo e pagar o INSS de forma correta, uma ótima opção é contratar uma empresa de contabilidade que irá ajudá-lo durante esse processo.

A Já Calculei é uma empresa de contabilidade online que presta os seus serviços para profissionais autônomos.

Desse modo, você recebe auxílio de uma empresa competente e segura, que entende sobre o assunto e poderá ajudá-lo a manter os seus impostos em dia. 

Como declarar Imposto de Renda de dentista autônomo? 

Para quem nunca declarou o imposto de renda antes ou começou a trabalhar agora como autônomo e precisa declarar, isso pode parecer um tanto quanto complicado.

De fato, para quem não possui experiência ou conhecimentos sobre o assunto, essas questões tributárias podem realmente ser difíceis de compreender.

O que pode causar erros e prejuízos se não for feito de modo correto

Assim sendo, no Brasil há alguns regimes tributários no qual o dentista autônomo pode se encaixar, que são: 

·         Lucro Presumido;

·         Lucro Real;

·         Simples Nacional. 

Mas, é preciso saber diferenciá-los para evitar qualquer erro que possa prejudica-lo.

Por isso é importante contar com a ajuda de uma empresa de contabilidade, que entende melhor do assunto.

Pois, com o auxílio de um profissional qualificado, você pagará menos impostos e evitará erros.

Isso porque, quem define a melhor forma para você fazer o seu imposto de renda é o contador, que irá analisar a situação de modo mais adequado e te orientar.

Ou seja, contratar o serviço de uma assessoria contábil é mais vantajoso para o profissional, como a Já Calculei para te ajudar na abertura da empresa.

Assim sendo, conheça mais sobre os serviços dessa empresa para você contrata-la caso precise de ajuda com os seus impostos de renda! 

Conclusão 


A declaração do imposto de renda é essencial tanto para pessoas físicas quanto jurídicas.

Ou seja, para um dentista que atua como autônomo, é importante que ele mantenha em dia os seus impostos para evitar problemas e garantir os seus benefícios, como a aposentadoria.

Todavia, essas questões tributárias são complicadas e algumas pessoas não sabem como fazer, principalmente quem nunca declarou imposto de renda antes.

Assim sendo, não é incomum cometer erros que podem acabar causando prejuízos.

Por isso que é importante contar com os serviços de uma empresa de contabilidade, para evitar que isso ocorra e não quebrar cabeça com essas questões.

Por fim, caso ainda tenha alguma dúvida, deixe o seu comentário!