Por que tomar magnésio Dimalato?

Por Assessoria 19/10/2020 - 10:52 hs

O magnésio é um dos minerais mais utilizados pelo organismo, são mais de 300 reações bioquímicas que este mineral participa no organismo, para a manutenção da saúde e sobrevivência das células, tecidos e órgãos.

Está presente em alimentos como: frutas (uva, banana e abacate); leguminosas e grãos (granola, aveia, soja, feijão), sementes e oleaginosas (gergelim, amendoim, girassol castanha e amendoim), leite e derivados, carnes, vegetais verdes escuros e legumes (beterraba, batata).

Por mais que a grande parte desses alimentos façam parte do nosso cotidiano alimentar, muitas vezes o magnésio está em quantidades baixas. Por este motivo, a suplementação de magnésio pode ser indicada, não só para melhoria das funções básicas do magnésio mais também pelos benefícios que o mesmo desempenha em quantidades recomendadas.

O magnésio dimalato é o resultado da quelação entre o magnésio e o ácido málico, onde a molécula de magnésio é protegida (quelada) pelo ácido málico. Dessa forma a suplementação de magnésio é protegida e garante uma melhor absorção do magnésio pelo organismo.

Para quem magnésio dimalato é indicado?

O magnésio dimalato(Veja) é uma forma que encontramos do magnésio na suplementação. Nessa forma química, o magnésio é ligado ao ácido málico, uma substância também muito importante para o metabolismo.

O ácido málico é produzido pelo organismo justamente por fazer parte de diversos processos no organismo, uma de suas funções é melhorar e ajudar no tratamento de pessoas que possuem fibromialgia e dor nas articulações.

Dessa forma, foi verificado em alguns estudos, que o ácido málico pode desempenhar um papel importante para os desportistas e atletas, ele auxilia na recuperação muscular pós treino, melhorando os aspectos da fadiga e cansaço muscular.

O magnésio atua nas contrações do organismo: muscular, cardíaca. Tem atuação no sistema imunológico, cofator enzimático e função energética. Já o ácido málico possui funções no sistema de produção de energia, além de ter uma função anti-inflamatória.

O magnésio é um mineral fundamental para diversos processos metabólicos,sendo cofator de enzimas do metabolismo de proteínas, ácidos nucleicos,gorduras e carboidratos.

O ácido málico é um intermediário do Ciclo de Krebs, ele participa no processo de produção de energia nas células. Além disso, possui uma função de se ligar a metais pesadas, que são tóxicos ao organismo e essa ligação permite que este metal toxico seja excretado pela urina sem comprometer a saúde.

Em estudos realizados, observou-se que o dimalato de magnésio teve acapacidade de reduzir dores musculares, como por exemplo, a fibromialgia.A suplementação com magnésio dimalato é benéfica para o metabolismoenergético, pois tanto o magnésio quanto o ácido málico, podem auxiliar naprodução de energia no corpo, combater a fadiga e, inclusive, reduzir doresmusculares.

A fibromialgia é um processo inflamatório, o seu tratamento é realizado com medicamentos para aliviar a inflamação e a dor. Possui sintomas semelhantes com a síndrome da fadiga crônica. Nessas duas condições clínicas, o magnésio dimalato demostrou-se benéfico como um auxiliar juntamente com outros métodos terapêuticos focados na redução da dor dessas patologias.

Quais são os benefícios do Magnésio Dimalato?

Em geral, a suplementação com magnésio dimalato favorece o aumento dosníveis de magnésio e ácido málico no organismo. A absorção do magnésio é efetivamente melhor aproveitada pela junção do magnésio com as duas moléculas de ácido málico. Dessa forma, conseguimos verificar os benefícios abaixo:

- Melhora o desempenho físico de atletas e desportistas

- Diminui fadiga e percepção de esforço

- Melhora recuperação muscular pós treino

- Participa da contração muscular

- Reduz processos inflamatórios

- Ajuda na formação óssea juntamente com o cálcio

- Participa na redução de enxaqueca e estresse mental

O suplemento de magnésio dimalato é uma ótima fonte de magnésio,altamente biodisponivel e que diferente de outras formas de magnésioexistentes no mercado, evita o desconforto gástrico.

Pela importância do magnésio no organismo e justamente por este mineral trazer tantos benefícios, manter níveis adequados no organismo é imprescindível para a saúde das células e do organismo como um todo.

Mais importante do que estar suprindo as necessidades do organismo, é estar adquirindo uma suplementação de boa procedência e boa qualidade.

Recomendações que ultrapassam as quantidades recomendadas diárias devem ser alinhadas e orientadas pelo médico ou nutricionista

Redatado por: Taynara Caroline da Silva – Nutricionista (CRN-3-49635).

 

Referências:

AMORIM, Aline Guimarães; TIRAPEGUI, Julio. Aspectos atuais da relação entre exercício físico, estresse oxidativo e magnésio. Revista de Nutrição, v. 21, n. 5, p. 563-575, 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1415-2732008000500009&script=sci_arttext

BACA-IBÁÑEZ, Sandra Y.; RÍOS-PAICO, Patricia E.; ROJAS-NACCHA, Julio C. Importanciadelmagnesioenla dieta humana. Agroindustrial Science, v. 5, n. 2, p. 177-189, 2016. Disponível em: https://revistas.unitru.edu.pe/index.php/agroindscience/article/view/1065

DE FARIA, Paula Helena. Suplementação com magnésio na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares. 2018. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/handle/1843/BUOS-BC9NP2

LOBO, Frederico. Fibromialgia: abordagem holística. Disponível em: http://www.medicinacomplementar.com.br/biblioteca/pdfs/Doencas/do-1236.pdf

https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9132/tde-19112009-142514/publico/TeseSetaro.pdf