Novo aplicativo de mobilidade urbana chega a RioMafra

Lançamento oficial para fevereiro a plataforma está recebendo cadastros de motoristas e passageiros

Por Assessoria 14/01/2020 - 21:45 hs

RioMafra já entrou na rota dos aplicativos de mobilidade urbana. A Speed BR, já está está disponivel para cadastro de motoristas que pretende agora ampliar a sua base de prestadores de serviço nos municípios de Rio Negro - PR e Mafra - SC - na modalidade de carros particulares para transporte de passageiros, taxistas, entregadores e mototaxis.

O aplicativo é totalmente adaptado a Lei Federal 13.640/2018 é gratuito e já está disponível para download na Play Store 


O objetivo em Rio Negro - PR e Mafra - SC é ter uma quantidade limitada de motoristas parceiros e atender a toda população com excelência, segurança, conforto, agilidade e valor justo, fazendo com que todos saiam ganhando.

Entre os benefícios para os interessados em dirigir pelo app de transporte estão o custo favorável ao motorista, que irá pagar uma taxa reduzida sobre as corridas realizadas (só paga se efetuar a corrida), flexibilização de horários (poderá trabalhar o dia e horário que desejar), e otimo rendimentos ao mês.

Para realizar o cadastro, é necessário que o motorista tenha um carro com data de fabricação a partir de 2008, com ar condicionado e quatro portas.

Se você quer se tornar um motorista parceiro da Speed BR, entre em contato através do telefone (41) 987506332

COMO USAR O SPEED BR – O aplicativo tem como foco as cidades de pequeno e médio porte, que muitas vezes possuem demandas na mobilidade.


Para usar é simples. Após baixar o aplicativo, o usuário faz seu cadastro e já pode simular viagens para ter uma prévia de quanto pagará pelo deslocamento no trecho desejado.  O pagamento da viagem pode ser feito em dinheiro (pago diretamente ao motorista) ou cartão de crédito no aplicativo. 












As inscrições para a Bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes já estão abertas e vão até o dia 15 de outubro. O programa é uma oportunidade única para jovens talentos brasileiros, que, além de impulsionarem suas carreiras, recebem incentivo financeiro para capacitação profissional e pessoal na Alemanha. No dia 29 de junho, às 10h, a Dra. Sara ten Brinke, do Departamento de Seleção da Fundação Alexander von Humboldt, e o Dr. Christian Roschmann, membro do comitê de seleção do programa, participarão de uma live no YouTube da Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo para apresentar mais detalhes sobre a iniciativa e esclarecer as principais dúvidas sobre o processo de seleção. Mariana Morais e Ramon Rodrigues (alumni do programa) também participarão compartilhando suas experiências. A live acontecerá em inglês. Os interessados podem se inscrever clicando aqui. Sobre a Bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes: O programa German Chancellor Fellowship, da Fundação Alexander von Humboldt (AvH), é destinado a jovens pesquisadores e concede anualmente até 60 bolsas de estudos para jovens líderes do Brasil, da China, da Rússia, da Índia, dos Estados Unidos e da África do Sul. A iniciativa concede aos selecionados a oportunidade de realizarem um projeto de pesquisa sobre questões mundiais como convidados em cooperação com uma instituição-anfitriã da Alemanha. Com apoio do anfitrião, os bolsistas têm um ano para se concentrarem em seus objetos de estudo, que podem compreender áreas como Política, Economia, Mídia, Administração ou Cultura. O projeto conta com o patrocínio da Chanceler da República Federal da Alemanha, possibilitando, assim, a oportunidade única aos bolsistas de apresentarem o resultado de seus projetos pessoalmente a Chanceler Alemã Angela Merkel. Além de uma bolsa mensal de até 2.770 euros (de acordo com a formação e nível de carreira do participante), o programa oferece ainda aos selecionados um curso intensivo de alemão antes do início do programa e financiamento para cursos de alemão durante o projeto; apoio individual durante a estadia na Alemanha e apoio financeiro adicional para que membros da família acompanhem o participante; entre outros benefícios. Para se candidatar os interessados devem possuir formação superior completa, fluência em inglês ou em alemão e ter concluído seu primeiro grau acadêmico (bacharelado) há não mais do que doze anos. Também é obrigatória a apresentação de uma carta de recomendação de um mentor para a pesquisa. Todos os requisitos podem ser conferidos no site da Fundação Alexander von Humboldt.