Reunião poderá ter definido o futuro do Parque Estadual do Monge

Prefeito da Lapa dá prazo ao órgão ambiental do estado para aceitar a proposta apresentada

Por Assessoria 12/12/2019 - 17:23 hs

Reuniu-se nesta quinta-feira dia 12 de dezembro no receptivo turístico do Parque do Monge o conselho gestor do parque, com a presença do diretor do IAT - Instituto de Terras e Águas e a diretora de Biodiversidade Leticia Salomão e suas equipes técnicas, também os representantes das entidades lapeanas que fazem parte do conselho. Sobre o assunto o prefeito Paulo Furiati fez uma avaliação da sua proposta apresentada na reunião ao órgão estadual: "A questão do Parque do Monge está "atravessado na garganta" desde dois mil e onze, porque os antigos governos do estado fizeram inúmeras promessas e não cumpriram nenhuma delas, mas além disso, retiraram do povo da Lapa um patrimônio que é de todos, inclusive impedindo a entrada: impediram lanchonete, impediram artesanato e desta feita agora, depois de tantos anos, encontramos um diretor que se propôs a nos ouvir. A nossa proposta foi essa: Parque, fica delimitado, como sempre deveria ser a partir daquele portal próximo à casa da Polícia Ambiental. Lá eles tomam conta, e fazem a gestão do jeito que eles acharem melhor. Mas em primeiro lugar eles tiram essa cancela que está aqui irregularmente, deixando aberto para que os proprietários tenham acesso pleno aos seus terrenos e possam empreender dentro das normas e respeitando a legislação ambiental, poderão ter venda de artesanato, lanchonete e congeneres, para dar condições aos turistas. E para o remate torno público que demos um prazo até o dia 15 de janeiro para que o diretor Rafael Andreguetto se manifeste acerca de nossa proposta. Caso isso não ocorra ou não venha de encontro aos interesses da Lapa e dos lapeanos tomaremos outras medidas cabíveis."
Vale ressaltar que a proposta apresentada foi elaborada pelo prefeito com o auxílio do estudo da seguinte equipe Márcio Anis Mattar Assad, Coordenador de Comunicação e Eventos do município (grande conhecedor do assunto) Julio Bastos, Secretário de Agropecuária e Meio Ambiente, com orientação jurídica da Procuradora Geral do município Samira Karam Semaan.