Mulher seminua é encontrada amarrada com arame farpado em valeta de Ponta Grossa

18/09/2018 - 09:38 hs

Equipes do Corpo de Bombeiros de Ponta Grossa foram mobilizadas por volta das 8h30 da última terça-feira (18) para resgatar uma mulher que foi encontrada jogada em uma valeta de um terreno baldio, por moradores do bairro Sabará.

Informações coletadas pela equipe de reportagem do Jornal Diário dos Campos apontam que a vítima estava seminua, bastante ferida e amarrada nos pés e nas mãos com um arame farpado. A mulher, que tem aproximadamente 30 anos, estava consciente, mas não conseguiu relatar aos policiais o que houve com ela. O resgate ocorreu na Rua Silveira Neto e contou com o apoio dos socorristas do Samu e do Siate.

Foi necessária a ajuda de todos os socorristas para cortar o arama farpado que envolvia o corpo da vítima, para então levá-la ao hospital. Após o resgate, a mulher foi encaminhada em estado gravíssimo ao Pronto Socorro Municipal.

De acordo com o setor de Relações Públicas da Polícia Militar, policiais foram até o Pronto Socorro para tentar levantar informações com a própria vítima. Mas, de acordo com a PM, a mulher estava bastante agitada e não relatou detalhes sobre o crime.

"Aparentemente, ela estava em choque e sentindo muitas dores, por isso, não foi possível levantar informações. Toda esta situação será levada ao conhecimento da Polícia Civil", informou a PM.

Investigações

A reportagem do jornal DC conversou com a Polícia Civil sobre as investigações do caso. De acordo com a delegada Cláudia Krüger, responsável pela Delegacia da Mulher, primeiramente, a polícia irá verificar se a violência teria sido causada por um parceiro da vítima. "Caso configure-se como violência doméstica, nós iremos investigar o caso", ressalta.

As investigações também poderão ficar aos cuidados do setor de Homicídios da 13ª Subdivisão Policial, por ser tratar de uma possível tentativa de homicídio contra a vítima. Nenhum suspeito do crime foi preso até o momento.

do Jornal DC