Festival Cultural das Etnias contou com apresentação de sete escolas e três grupos

Por Assessoria 14/09/2018 - 11:49 hs

Para saudar as diferentes etnias nos 101 anos do município, na tarde do dia 07, na praça Ferroviário Miguel Bielecki, aconteceu o Festival Cultural das Etnias com apresentações de sete escolas de Mafra, cada uma homenageando um povo que ajudou na construção da história mafrense e três grupos da melhor idade.

Homenagens das escolas

O Centro de Educação do Município de Mafra – CEMMA – mostrou a cultura italiana realizando uma homenagem para a Associação de italianos de Rio Negro e Mafra, que atua há 25 anos, no ensino da língua italiana. Já aEscola Municipal de Ensino Básico Bituvinha, representando o sertanejo, levou os alunos e professoras para cantarem paródia da música Asa Branca de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, entitulada Chão Mafrense, com autoria dos alunos e professoras e em seguida leram a poesia de cordel Cantadô e Violero, do cordelista Zé da Luz. A dança também foi o meio utilizado para homenagens. A Escola Municipal de Ensino Fundamental “Campo da Lança” trouxe ao centro de Mafra a cultura portuguesa por meio da dança do Vira apresentada pelas alunas da escola. E a Escola Municipal de Ensino Fundamental “Amola Flecha” apresentou a dança bucovina retratando toda a história destes imigrantes em sua passagem e instalação em Mafra. Os alunos da Escola Municipal de Educação Básica Avencal São Sebastião homenagearam a cultura polonesa com uma mescla das danças folclóricas. 
Homenageando a etnia alemã, a EMEF São Lourenço fez uma apresentação de dança típica, e logo em seguida, numa apresentação bastante animada, convidou o Prefeito Wellington Roberto Bielecki, a realeza municipal e alguns dos presentes para dançarem. Lembrando os primeiros povos da região, o Centro de Educação Municipal Beija-Flor apresentou a cultura indígena na praça e a Escola Mário de Oliveira Goeldner levou ao palco a cultura ucraniana.

Grupos prestam homenagem

Além de escolas municipais, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Mafra (SCFV), por meio do seu grupo de dança coreográfica formado por mulheres entre 50 e 70 anos, apresentou Country Dance, embalado pela música Chattahoochee. Em seguida, o grupo de ginástica, apresentou a coreografia Flashdance, com a música Dancing Queen. Também participou do evento o grupo da melhor idade Zeppelin (Emma Froliche) que realizou duas apresentações sendo a primeira a coreografia Dança Alegre e a segunda uma Valsa Animada.

O prefeito Wellington Bielecki parabenizou os professores, alunos, gestores e grupos de convivência da melhor idade pelo empenho e dedicação. “Participar deste momento é escrever seu nome na história. Homenagear as etnias é afirmar os valores culturais que herdamos daqueles que por aqui passaram e fizeram de Mafra o seu lar”, finalizou o prefeito.