Mosteiros do Paraná oferecem hospedagem em troca de contribuição voluntária

Quem busca experiências de viagem mais profundas pode se hospedar em um mosteiro por valores módicos ou contribuição voluntária

Por Redação 01/07/2018 - 22:13 hs

Mosteiros do Paraná oferecem hospedagem em troca de contribuição voluntária
Claustro do Mosteiro da Ressurreição, em Ponta Grossa. Foto: Divulgação

Ao longo dos séculos, peregrinos de todo o planeta têm encontrado nos mosteiros um abrigo seguro. O cinema e a literatura contribuíram para criar uma aura de mistério em torno desses lugares. Seguindo a tradição de receber hóspedes como se estivessem recebendo o próprio Jesus Cristo, os mosteiros são, na verdade, muito mais acessíveis do que são descritos nas obras de ficção.

O Paraná e suas adjacências, por exemplo, têm algumas dessas construções com hospedarias em que qualquer pessoa pode ficar. Quem está em busca de reflexão, de um retiro espiritual ou mesmo só de descanso costuma recorrer aos mosteiros. O Viver Bempreparou um guia com os mais conhecidos na região de Curitiba.

Mosteiro da Ressurreição – Ponta Grossa

A poucos quilômetros de Curitiba, em Ponta Grossa, fica o Mosteiro da Ressurreição. Lá os religiosos são da Ordem de São Bento, uma das mais tradicionais da Igreja Católica. Mas, na hora de receber os hóspedes, não há restrições. Quem é católico é bem-vindo, assim como quem segue qualquer outra religião – ou mesmo nenhuma. “Todos os hóspedes que chegarem ao mosteiro sejam recebidos como o Cristo, pois Ele próprio irá dizer: fui hóspede e me recebestes”, diz o site do mosteiro.

A hospedaria está disponível entre terça e domingo e não há valor fixo para a hospedagem. O que o mosteiro pede é uma contribuição voluntária. Em troca, os hóspedes têm café da manhã, almoço e jantar servidos no local. Aqueles que estão em busca de oração podem participar da programação normal dos monges, que inclui sete momentos de oração ao longo do dia. Mas essa participação não é obrigatória. Além disso, os irmãos que cuidam da hospedaria estão abertos a dar aconselhamento individual e à convivência com os hóspedes.

Também é possível levar itens para alimentação entre as refeições oferecidas pelos monges. Há uma cozinha que pode ser usada para o preparo desses alimentos. No entanto, não há wifi, televisão ou aparelho de som.

Endereço: BR 376, km 5 – Ponta Grossa

Agendamento pelo e-mail hospedaria.mr@gmail.com

Telefone para informações: (42) 3228-0043

Mosteiro da Ressurreição, em Ponta Grossa. Foto: Reprodução/Facebook

Mosteiro Trapista Nossa Senhora do Novo Mundo – Campo do Tenente

A pequena Campo do Tenente, pertinho de Curitiba, também tem um mosteiro. É o Mosteiro Trapista Nossa Senhora do Novo Mundo. Ali, a hospedaria também está aberta a todos aqueles que buscam momentos de tranquilidade e reflexão, independente da religião. A maior parte dos quartos é individual, mas alguns estão mobiliados para receber inclusive casais.

Quem precisa de orientação espiritual tem à disposição o padre, mas não há uma programação fixa. Cada um pode participar das missas e orações conforme preferir. A rotina dos monges ali é rígida, eles acordam às 3h da manhã. Para os interessados em entender melhor a vida monástica, a partir desse horário já é possível acompanhar as atividades diárias e as orações, realizadas de três em três horas.

Como o mosteiro não visa lucro, a contribuição pedida pelos monges serve para a manutenção e limpeza do local, bem como para bancar as refeições. No entanto, atualmente o mosteiro se encontra em reforma, com previsão de reabertura em outubro deste ano. Por isso o valor da hospedagem, que era de R$ 55 por dia, poderá ser revisto.

Endereço: Estrada Velha Lapa, s/n, km 7 – Campo do Tenente

Agendamento pelo e-mail hospedaria@mosteirotrapista.org.br

Telefone para informações: (41) 3628-1264


O Paraná tem algumas opções para quem quer experimentar a hospedagem em um mosteiro. Na imagem, o Mosteiro da Ressurreição, em Ponta Grossa. Foto: Reprodução/Facebook

Casa de Retiro Irmãs do Verbo Encarnado – Curitiba

Esta não é exatamente um mosteiro, mas um espaço para retiros individuais ou em grupo. A Casa de Retiro Irmãs do Verbo Encarnado também está ligada à Igreja Católica, mas não faz distinção na hora de receber seus hóspedes. Localizada em Curitiba, no Pinheirinho, a casa tem toda a estrutura para quem busca momentos de tranquilidade.

Assim como no Mosteiro da Ressurreição e no Mosteiro Trapista, não há uma programação rígida a ser seguida. A Casa oferece um ambiente adequado à reflexão e à oração. Há várias capelas disponíveis para os hóspedes, além de salas e dos próprios quartos. De acordo com a direção da Casa, o pátio é um dos lugares preferidos dos hóspedes, uma vez que tem muitas árvores e bancos.

O valor da hospedagem é de R$ 130 por dia, com café da manhã, almoço e jantar. Também estão incluídos nesse valor as roupas de cama e banho, a limpeza e a manutenção do quarto. Mas o preço diminui conforme o hóspede dispensa alguns serviços, então é preciso negociar diretamente com as irmãs.

Endereço: Rua Padre Rafael José Kalinowski, 756, Pinheirinho – Curitiba

Informações e agendamento pelo telefone (41) 3349-1403

do Jornal Gazeta do Povo