Tecnologia gera economia e impulsiona faturamento das empresas

Ferramentas aumentam a rentabilidade e otimizam processos em empresas de todos os tamanhos

Por Talk Assessoria 23/04/2018 - 11:24 hs

O investimento em tecnologia no Brasil segue a tendência global de crescimento, mesmo em ambiente de crise. Pesquisa da Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes), em parceria com a consultoria IDC, mostra que o país investiu US$ 38 bilhões nas áreas de Tecnologia da Informação em 2017, um aumento de 4,5% em relação a 2016. Softwares facilitadores de gestão respondem por boa parte dos investimentos. Ao mesmo tempo em que modernizam processos, eles promovem economia de custos.

Seguindo esse movimento, a Mabe Divisórias, fornecedora de drywall, forros e brises, alcançou uma economia de 20% após utilizar um software para controle de estoque. “Tivemos uma melhora significativa no controle de estoque, no setor financeiro e no cadastramento. Nós centralizamos a administração da empresa e conseguimos reunir todos os procedimentos burocráticos em apenas um software ERP, melhorando o controle de emissão de notas fiscais, relatórios e ordens de serviço. Isso nos dá uma visão calculada do nosso negócio e consequentemente investimentos com inteligência, sempre em busca do erro zero”, explica Elisabete Rudolf Pereira, sócia da Mabe.

Ao alcance de um click
 
De acordo com Luan Stocco, cofundador e CTO da VHSYS – startup de São José dos Pinhais especialista em programas de gestão -, as ferramentas na nuvem são responsáveis por uma gestão mais assertiva e garantem mais eficiência na otimização de resultados, além de aumentar a produtividade. "Sabemos que boa parte das empresas brasileiras estão irregulares porque não conseguem administrar a burocracia exigida pela legislação. Esses softwares são oferecidos por um custo baixo para as empresas e podem ser utilizados a partir de pequenos dispositivos, a qualquer hora e de qualquer lugar. São diversas as ferramentas que ajudam o empresário e aliviam a parte chata do trabalho", explica.

 Ainda para Stocco, o desafio dos empreendedores é prever o futuro e fomentar seus negócios com inovações que façam sentido para a direção em que o mercado global está. “Softwares de gestão também produzem dados que devem ser analisados estrategicamente pelas empresas, gerando mudanças que aumentam a rentabilidade do negócio. Quando pensamos em ferramentas de análises de dados, como Big Data e Business Intelligence, entendemos que isso já não é mais o futuro, mas a realidade, e que as empresas podem pensar muito maior se investirem em projetos inovadores e funcionais”, acredita.

Economia no ponto
 
 A empresa de software para gestão de transportes e logística Gestran adotou um sistema de ponto eletrônico, criado pela startup Pontomais, que pode ser feito totalmente online. Após sete meses, a empresa retirou da parede o relógio de ponto tradicional. Agora os 33 colaboradores – dos quais 30% trabalham em home office – têm acesso e controle da jornada diária. “Com o nosso sistema, as empresas podem realizar o controle e ter acesso a informações mesmo por parte de funcionários que trabalham remotamente, o que oferece muito mais opções de jornada e muito mais performance”, explica Hendrik Machado, CEO da Pontomais.

Por meio do celular ou diretamente no site, o colaborador recebe login e senha. Com um clique, registra seu ponto de entrada, saída e intervalo. Nele aparecem foto, horário e local onde foi batido. "O fechamento de mês das equipes, que levava dois dias para ser concluído, agora é feito em meio período. Sem contar a melhor qualidade das informações", diz a gestora administrativa da Gestran, Caroline Bucholdz Raymundi.

Sobre a VHSYS
 
A VHSYS é uma startup paranaense que fornece um sistema online de gestão empresarial descomplicada para micro, pequenos e médios empresários. O sistema conta com módulos para emissão de nota fiscal, controle financeiro, vendas, estoque, além de ter desenvolvido uma loja de aplicativos exclusivos para o software, ampliando suas funcionalidades para o cliente final. A empresa foi criada e é dirigida por Reginaldo Stocco e Luan Stocco em 2011 e recebeu aporte em 2017. Com mais de 100 mil pessoas que já utilizaram o sistema, a startup está localizada em São José dos Pinhas, região metropolitana de Curitiba. Em 2018, recebeu certificado da Great Place to Work como uma das melhores empresas para se trabalhar. Mais informações no site https://vhsys.com.br/

Sobre a Pontomais

O Pontomais é um sistema de controle de ponto eletrônico, que permite o acompanhamento da jornada de trabalho da equipe em tempo real, eliminando a burocracia e a papelada. Marcações de ponto, acesso a indicadores, solicitações de abonos, e outras funções estão reunidas em um sistema prático e fácil de usar. Mais informações no site 
https://www.pontomais.com.br