Galvão Bueno se atrapalha durante transmissão de sorteio da Copa do Mundo

Por Redação 01/12/2017 - 15:00 hs

O narrador Galvão Bueno foi o responsável por comandar a cobertura do Sorteio da Copa do Mundo de 2018, na Globo. Com tom de expectativa, a atração começou falando bem sobre o país sede, a Rússia, e com torcida declarada para que o Brasil não enfrentasse a Inglaterra na fase grupos.

Porém, em alguns momentos, o narrador e os comentaristas Walter Casagrande e Caio Ribeiro se confundiram. Quando o Panamá foi escolhido, por exemplo, para o grupo F, era evidente que seria movido para o G, porque no F já estava o México, que também pertence à Concacaf (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe).

É uma regra do Mundial não ter mais que duas seleções europeias, sul-americanas em um mesmo grupo ou mais que uma da América Central e do Norte, como é o caso dos dois países.

O mesmo aconteceu quando a Dinamarca foi escolhida para o gripo B, mas como já havia Portugal e Espanha, não poderia estar ali, sendo imediatamente remanejada para o grupo C.

Neste momento, Galvão chegou a dizer com certa emoção: “Grupo da morte”. Mas logo percebeu a confusão e explicou para o telespectador que Dinamarca iria para o grupo seguinte.

No final do programa especial, Galvão, com dificuldades de manusear a tela touch, e Caio Ribeiro simularam uma final de Copa do Mundo, no telão interativo da Globo.

Ambos, torcendo muito para uma final entre Brasil e Argentina. Muitas usuários de mídias sociais comentaram a brincadeira.