Programa de ensino bilíngue Edify, novo investimento do Gera Venture, é lançado para escolas regulares de todo o Brasil

Por MARIANA TOTINO 15/05/2018 - 15:49 hs

A tecnologia revolucionou a comunicação, que abriu as portas para qualquer tipo de informação a um clique e impactou diretamente a forma de educar. As escolas vêm se adaptando a esse novo cenário e buscam novas formas para manter a atenção dos alunos - e dos pais.

A educação bilíngue é um desses atrativos. Cada vez mais pais buscam um ensino bilíngue e integrado às atividades escolares. Esse é um mercado em franco crescimento. Por isso, o fundo de investimentos focado em causar grande impacto na educação do país, o Gera Venture, dono da holding de escolas Eleva Educação e da rede de escolas de idioma Cultura Inglesa – RJ, ES, GO, RS e DF, investiu em um novo produto: o Edify, um programa bilíngue para escolas de todo o Brasil. 

Unindo equipe com reconhecida excelência em projetos pedagógicos a valores como a busca constante por inovação, o objetivo do programa é entregar um ensino de inglês inovador através de uma abordagem baseada em projetos nas escolas regulares que adotam um de seus programas.

O foco do Edify é estimular que os alunos desenvolvam projetos e, a partir deles, aprendam conceitos como cidadania, criatividade, comunicação, senso crítico, colaboração e empatia. Nessas atividades, o inglês é trabalhado de forma natural, mas sem deixar de lado toda a construção da estrutura linguística. “O professor é um facilitador e o aluno se torna o protagonista nesse processo, que acontece de forma leve e interativa”, explica Marina Dalbem, 

São três tipos de programas que se adequam a diferentes objetivos e características das escolas. As opções se distinguem não só pela quantidade de horas/aula semanais, mas pela forma como os conteúdos são trabalhados.

Edify Starter -  possui 3 horas semanais de aulas em inglês com foco principal nas estruturas linguísticas e preparação para exames internacionais de proficiência da língua.

Edify Full - tem 5 horas semanais de aula que também trabalham as estruturas linguísticas, mas a aprendizagem se dá por meio de projetos que estimulam a autoria do aluno. Os alunos constroem narrativas, aprendendo a contar, fazer e compartilhar histórias.

Edify Beyond - são 10 horas semanais de aula que além de trabalhar as habilidades linguísticas, permitem a realização de mais projetos em que teoria e prática se unem em experiências concretas, nas quais os alunos dão vida às suas ideias e desenvolvem habilidades de soluções de problemas. No Edify Beyond, o conteúdo amplia a visão dos alunos e os prepara para as profissões ainda desconhecidas do futuro. Esses conteúdos são trabalhados através de módulos complementares como drama, creative writing, storytelling, public speaking, entre outros.

O Edify já tem parceria com mais de 30 escolas e cerca de 7 mil alunos, no Rio de Janeiro, em Brasília e Aracaju, mas já está disponível para ser adotado por escolas de todo o país. A implantação passa, primeiramente, por uma adequação à grade curricular, seguido pelo treinamento de professores e comunicação com os pais. “O material didático e o kit de sala de aula é todo desenvolvido e fornecido pelo Edify. Além disso, nossa equipe está sempre próxima da escola através das coordenadoras pedagógicas que acompanham todo o processo e realizam treinamentos recorrentes preparando os professores para garantir a qualidade da entrega para os nossos alunos”, aponta Marina.

Mais informações no site www.edifyeducation.com.br