Após marcar o gol de empate, Gedoz afirma 'não estou aqui para roubar dinheiro do clube'

Por Esporte Interativo 11/09/2017 - 15:07 hs

No último domingo (10), o meia Felipe Gedoz salvou o Atlético-PR da derrota no clássico para o Coritiba. O jogador que não atuava desde a 17ª rodada por opção técnica, entrou em campo e empatou a partida que ficou em 1 a 1. Após o jogo, o atleta afirmou não ter raiva de Fabiano Soares por deixá-lo no banco.

“Eu não tenho e nunca vou ter raiva do Fabiano. Ele é o treinador e é quem manda. Se ele optou por me deixar de fora todo esse tempo, foi escolha dele. Mas de semanas para cá, eu mostrei para ele que não mereço ficar fora do time”.

O meia que chegou ao Furacão no início do ano por R$ 5 milhões, falou também da relação entre jogador e torcida.

“Tenho que estar preparado para a relação com a torcida. Há três meses os torcedores queriam a minha cabeça. E aqueles que me criticaram, hoje me aplaudem. Mas eu nunca dei bola para torcedor porque é assim. Eles têm todo o direito de cobrar. Eu não estou aqui para roubar dinheiro do clube”.

Agora, o Furacão tem a semana para treinar e se preparar para encarar o Fluminense, no próximo domingo (17), às 16h (de Brasília), na Arena da Baixada.