Briga entre torcidas de Coritiba e Corinthians deixa feridos

Por Esporte Interativo 18/06/2017 - 16:39 hs

O futebol brasileiro voltou a ver cenas de barbárie na manhã deste domingo (18). Por volta das 8h (de Brasília), três ônibus e uma van da torcida do Corinthians entraram em uma rua errada, onde fica a sede de uma das organizadas do Coritiba, e foram alvejados por pedras e pauladas, iniciando a confusão.

Em pouco tempo, viaturas da polícia e um helicóptero chegaram ao local e utilizaram bombas de efeito moral e gás de pimenta para dispersarem a confusão. De acordo com informações preliminares do Corpo de Bombeiros, a briga fez com que seis pessoas fossem levadas ao hospital com ferimentos, uma delas vítima de fratura exposta.



O delegado Clóvis Galvão, da Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (Demafe) de Curitiba, chegou a confirmar a morte de Dionathan José Gomes Souza da Silva, de 29 anos. No entanto, o mesmo voltou atrás depois e afirmou que o torcedor segue internado em estado grave, mas ainda com vida.

Na chegada do Corinthians ao Couto Pereira, o diretor de futebol do do Timão, Flávio Adauto, lamentou o ocorrido.

“O clube se sente constrangido até com as cenas de selvageria na entrada do estádio. É algo que ocorre com muita frequência no futebol brasileiro. O que fazer? Não sei. A gente só pode ficar triste e deixar os nossos sentimentos para a família do torcedor que faleceu. Esperamos que isso seja um fato isolado aqui em Curitiba”, declarou o dirigente.