Padrasto é preso suspeito de estuprar enteada de 11 anos no litoral do Paraná

16/06/2017 - 11:33 hs

A Polícia Civil de Pontal do Paraná prendeu nesta quarta-feira (14) um homem suspeito de abusar sexualmente da própria enteada de 11 anos. A prisão foi realizada logo após o laudo do Instituto Médico Legal (IML) confirmar que ela teria sido molestada sexualmente.

De acordo com o delegado Tiago Vladika, titular da Delegacia de Polícia Civil de Pontal do Paraná, a suspeita de que algo de ruim tivesse acontecido com a menor começou após ela apresentar problemas na escola. A supervisão do colégio constatou a possibilidade da menina ter sido violentada e acionou o Conselho Tutelar.

Em conversa com a menor, os conselheiros tutelares descobriram que ela estaria sendo abusada sexualmente pelo padrasto, um homem de cerca de 30 anos. A mãe da menor registrou um Boletim de Ocorrência na DP e o homem foi preso.

O suspeito está detido na carceragem de Ipanema, em Pontal do Paraná, e posteriormente (quando abrir uma vaga) será transferido para o sistema prisional. A identidade dele não foi revelada para preservar a integridade da menor.