Identificada uma pessoa que pode ter instigado jovem a pular de passarela na BR-116

Caso aconteceu na terça-feira (6) e chamou atenção pelas palavras de indução, que encorajaram garoto

Por Banda B 09/02/2018 - 21:55 hs

Uma pessoa que estava embaixo da passarela na BR-116, em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, e pode ter instigado o adolescente de 17 anos a se jogar já está identificada pela Polícia Civil. Vídeos compartilhados por meio de aplicativos de mensagem e câmeras de segurança instaladas próximas ao local continuarão auxiliando nas próximas identificações. O caso aconteceu na manhã de terça-feira (6) e chamou atenção pelas palavras de indução, que fizeram o garoto concluir o suicídio. Por ora, ninguém prestou depoimento.

A delegada de Fazenda Rio Grande, Gislaine Ortega Pineda, garantiu à Banda B que as investigações estão adiantadas. “Já identificamos uma das pessoas que estavam próximas ao local e que começaram a instigar a vítima. Nosso trabalho agora está focado nisso. Estamos procurando câmeras próximas para que possamos identificar todos”, contou a delegada.

Além disso, haverá uma perícia no local onde o adolescente se jogou da passarela. O objetivo da polícia é descobrir se, mesmo a uma altura de seis metros, ele conseguiu ouvir os insultos. “Pelos vídeos que chegaram a nós, não conseguimos concluir se gritam ou comentam ‘pula, seu covarde’, ou ‘pula pra liberar a pista logo’. Precisamos saber se naquela altura, alguém conseguiria ouvir”, detalhou Gislaine.

Câmeras de segurança de toda a região estão sendo aliadas das investigações. “Algumas estão sem som, mas estamos seguindo verificar e identificar. Comércio, câmeras da prefeitura, tudo está sendo pedido”, finalizou a delegada.

Caso

O adolescente subiu na passarela do quilômetro 127, na pista sentido Sul, com ameaças de cometer suicídio. O Corpo de Bombeiros foi acionado, iniciou uma negociação com o adolescente, que esboçou a vontade de descer do local, mas um coral de ‘pula, pula’ o encorajou a se jogar.

O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionado, assim como socorristas da concessionária que administra o trecho, a Autopista Planalto Sul. O garoto foi socorrido com vida ao Hospital do Trabalhador, mas devido aos ferimentos graves faleceu horas depois. O corpo dele foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.


Quer ficar por dentro de tudo o que acontece. É só seguir os perfis no TwitterInstagram e Facebook tem conteúdo exclusivo o tempo todo. Fale Conosco